O empreiteiro Neil Gray, de 44 anos, levou uma semana para erguer uma estufa de plantas e um pórtico de entrada na casa de Anita Dovey na cidade de Shoreham (Inglaterra). Isso foi às vésperas do Natal. Como até a semana passada Anita ainda não havia acertado as contas, Gray decidiu pôr tudo abaixo.Segundo reportagem publicada pelo “Daily Mail”, o preço combinado foi de 15 mil libras (quase R$ 50 mil). Anita marcava o dia para pagar, mas não cumpria a promessa. Segundo Gray, a mulher chegou a mentir para evitar pagar pelo serviço. Ela chegou a dizer que o marido tinha morrido, apesar de ele continuar vivo e morando com ela na casa da discórdia – que tem três quartos e é alugada.Cansado de esperar pelo pagamento que não vinha nunca, Gray mandou seus empregados demolirem o pórtico a marretadas. A obra veio abaixo em questão de minutos. A estufa foi desmontada e levada de volta. “Preferi fazer isso a deixá-la se aproveitar de graça do fruto do meu trabalho. Não vou ser feito de otário por ninguém.”

 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.