Os Graus na Maçonaria

graus da maçonariaTruques & Trecos
 

.
Entre os não maçons existe um grande engano a respeito dos graus maçônicos.
É arraigada a idéia que o maior grau na Maçonaria brasileira é o conhecido como “grau 33”, muitas vezes confundido com a figura do Grão Mestre.
Em Maçonaria existem as denominadas lojas simbólicas (leia o texto “O que é uma loja maçônica?“), onde obrigatoriamente todo maçom começa seu estudo.
Estas lojas são responsáveis pela admissão de não maçons à Ordem, via iniciação precedida de formalidades legais maçônicas.
Ao ser iniciado, o maçom é automaticamente introduzido no grau 1, conhecido por aprendiz maçom.
Após um período mínimo de tempo de um ano como membro da loja maçônica simbólica e com a demonstração de absorção de conhecimentos do grau 1, o maçom pode ser admitido no grau 2, conhecido por companheiro maçom.
Findo o prazo mínimo de seis meses e com a demonstração de absorção de conhecimentos do grau 2, o companheiro maçom pode ser alçado ao grau 3, conhecido por mestre maçom.
Estes são os três graus simbólicos (até considerando que ao final de um ano e meio ninguém verdadeiramente se pode considerar um “mestre”) que são ministrados pelas denominadas lojas simbólicas.
Cada loja simbólica é presidida por um mestre maçom eleito por seus pares, que apenas precisa ter sido alçado ao grau de mestre e nele estar há três anos. Não existe exigência de qualquer outra graduação para o ocupar o cargo de presidente de uma loja maçônica.
As lojas simbólicas garantem sua regularidade maçônica (o reconhecimento internacional e o direito de recebimento em qualquer outra loja simbólica do mundo) pela ligação ao que se denomina de potência maçônica regular.
Em São Paulo, por exemplo, as lojas simbólicas são jurisdicionadas a um Grão Mestre Estadual, eleito para exercer o cargo pelos demais mestres maçons e, no caso do GOB, federadas a um Grão Mestre Geral, igualmente eleito por todos os mestres maçons do país.
Os grão mestres estaduais e federais, da mesma forma como os presidentes de lojas simbólicas, têm apenas a obrigação legal de haverem atingido o grau de mestre maçom (grau 3) para que possam exercer seus cargos.
Tendo o maçom cursado os três graus iniciais (aprendiz, companheiro e mestre), possui ele o direito de seguir adiante nos seus estudos maçônicos.
Para isto, optará dentre os seis ritos maçônicos praticados, escolhendo aquele que melhor lhe parece (veja a relação dos ritos praticados no Brasil na postagem “O que é uma loja maçônica“).

O Rito Escocês Antigo e Aceito, o mais praticado no Brasil, possui um total de 33 graus, incluindo-se os três iniciais ministrados pelas lojas simbólicas. O rito é gerido por um supremo conselho e não mais por um Grão Mestre.


O Rito Adonhiramita, um dos mais antigos do país, igualmente possui um total de 33 graus, incluindo-se os três iniciais. É administrado por um Excelso Conselho da Maçonaria Adonhiramita.


Composto pelo total de 9 graus, incluindo-se os três iniciais ministrados pelas lojas simbólicas, o Rito Moderno, o mais antigo do Brasil, é chefiado por um Supremo Conselho do Rito Moderno.


O Rito de York, o mais praticado no mundo, possui um total de 7 graus, incluindo os três graus ditos simbólicos.


O Rito Brasileiro, genuinamente nacional, apresenta um total de 33 graus, incluindo os três graus simbólicos.


O Rito Schröeder é composto pelo total de 7 graus, incluindo os três graus simbólicos.


Em Maçonaria, o mais elevado grau é aquele alcançado pelo que sabe que nada sabe e que muito ainda há a aprender!

 

Truques & Trecos é a união de Amigos Maçons com o intuito de propagar a verdade sobre a Maçonaria, o esoterismo e assuntos correlatos. São idealizadores e administradores do blog Truques & Trecos

 

Clique aqui e veja mais artigos de Truques & Trecos

Truques & Trecos é a união de Amigos Maçons com o intuito de propagar a verdade sobre a Maçonaria, o esoterismo e assuntos correlatos. São idealizadores e administradores do blog Truques & Trecos

5 resposta para "Os Graus na Maçonaria"

  1. Edegard   10/10/2011 em 15:52

    Amigo
    Que ótimas explicações sobre a maçonaria, realmente a seriedade e o compromentimento é essencial.
    Abraços

    Responder
  2. Sissym   10/10/2011 em 15:59

    Gilberto, eu sempre tenho curiosidade a respeito, boiei um pouco, especialmente pq não sabia existirem graus. Vou ler mais a respeito, pois vc ajudou, com este texto, a conhecer um pouco mais.

    Bjs

    Responder
  3. Pingback: Os Rosacruzes

  4. felipe   08/06/2013 em 19:12

    como ter mais conhecimentos por favor

    Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.