Fala Mais Alto!

Grita mais altoGil de Marqui

 

As mãos ficam suadas e trêmulas, a voz embarga e o coração dispara. Não! Não se trata de amor a primeira vista, mas sim de timidez ou fobia social.

A sensação de estar sendo observado e avaliado transforma um simples contato com desconhecidos em uma total ansiedade que pode fazer de algo natural um pesadelo.

O sofrimento dos tímidos é aparente. No mercado de trabalho, nos estudos e nos relacionamentos pessoais afetivos os mais comunicativos são bem vistos e valorizados enquanto a timidez é avaliada como um defeito ou aberração.

Mas afinal, o que tem de tão errado em ser quieto? Em ser Sossegado? Em falar pouco?

É óbvio que a comunicação é extremamente importante, afinal, não seríamos uma raça tão evoluída se não tivéssemos o poder de espalhar infinitas informações mundo a fora, mas, será que os mais recatados tem que ser sacrificados por isso?

Como se não bastasse o fato de uma pessoa ser envergonhada, ela é continuamente testada e constrangida pelos “colegas” mais espontâneos. Os pedidos diários de que fale mais alto ou que mexa mais o corpo (faça expressões) para enfatizar seus relatos tornam a convivência chata, sem graça e cada vez menos interessante para a parte atingida. Por isso as redes sociais fazem tanto sucesso, minha gente!

Se quiser deixar o acanhamento de lado, a dica de praxe é se matricular em um curso de teatro. O contato (muito próximo) com os outros integrantes e os exercícios irão lhe soltar aos poucos. Funciona mesmo! Fora isso, estar antenado com os acontecimentos (TV, jornais e revistas) ajuda a iniciar conversas com os demais, pois não faltará assunto para que vocês interajam. Não tem jeito, você precisa encarar seus medos e dar o primeiro passo ainda que o faça devagar.

Agora, se você está feliz com seu jeito de ser e não quer mudar só para agradar os outros, também tem o meu apoio. Deixe os que gostam de falar falando e concentre-se no que realmente lhe importa. Não desejo que você se torne uma pedra ou um móvel no canto da sala, mas que participe dos acontecimentos do seu jeito, sem tentar ser o que não é.

Para mim, timidez é algo muito normal, natural e aceitável. Os tranquilos ouvem mais, prestam atenção nos detalhes e tem cuidados especiais com o que menos se esperava. Um charme!  Diversidade é o que há!

.

Gil de Marqui é jornalista e correspondente internacional do Gibanet.com

.

Clique aqui e veja mais artigos de Gil de Marqui

Gil de Marqui é jornalista e correspondente internacional do Gibanet.com

7 resposta para "Fala Mais Alto!"

  1. Rose   27/10/2011 em 14:33

    Gil, acredito que isso seja um problema comum da maioria das pessoas. Sabe, se você diz que está bem no geral mas numa situação especifíca não sabe como agir, não é o fim do mundo!
    Não necessitamos mudar pra agradar Ninguém.
    Somos seres humanos, nós temos que aprender a viver com o defeito do outro, naõ mudar pra agradar ao outro. Quando falo “não mudar”, é no sentido de: “deixar de ser o que naturalmente é.
    Vamos Ser livres.
    Seja livre, não vamos viver de novelas, de aparência, pra ser o que o outra sonha que sejamos. Tudo isso é mentira. Um tímido, nunca vai deixar de ser tímido, a menos que naturalmente aconteça, sem forçar nada
    Legal o post
    abraço
    Rose*

    Responder
    • Tiago Marquesi
      Tiago Marquesi   28/10/2011 em 12:13

      Xi, Rose, timidez não é problema, vai. Se fosse, acho que eu era uma aberração… =0

      Responder
      • Gilberto
        Gilberto   28/10/2011 em 12:19

        Tiago tímido?!?!!!
        Acho que meu conceito de timidez está equivocado.

        Responder
  2. Gil de Marqui   31/10/2011 em 19:21

    Rose! Concordo em gênero, número e grau! Beijoss

    Responder
  3. Gil de Marqui   31/10/2011 em 19:23

    Tiago! Se vc for tímido, vc disfarça bem! hahaha. beijos

    Responder
  4. Gil de Marqui   31/10/2011 em 19:23

    É Giba, acho que esse menino anda nos enganando! hahahaha. beijosss

    Responder
  5. Eduardo Ramicelli   03/11/2011 em 12:43

    Gil, a vida imitando a sétima arte.
    São bem parecidas?

    Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.