A Igreja do Diabo – Machado de Assis

O livro conta uma fábula  marcada pela tão peculiar ironia machadiana, “A IGREJA DO DIABO” conta-nos a história do dia em que o diabo resolveu fundar uma igreja, a fim de concorrer com as outras diversas religiões.

Dizia-se cansado de ser desorganizado, e de ficar com as circunstanciais sobras das diferentes manifestações de fé.

Ele pensava que fundando uma igreja, teria a vantagem desta ser única nesse tipo de pregação, ao passo que para adorar deuses havia várias: “… enquanto as outras religiões se combatem e se dividem, a minha será única …”

Sua doutrina era perfeita: aproveitamento de todos os prazeres mundanos. Em pouco tempo, a igreja contava com milhares de fiéis, fazendo o que bem entendessem.

O diabo notou, porém, que às escondidas, seus fiéis praticavam boas ações. E o mesmo foi derrotado pela contradição própria da natureza humana.

Se você ficou curioso e quer ler a íntegra desta história, clique no título abaixo e desfrute do prazer de uma boa leitura.

A igreja do Diabo – Machado de Assis

Gilberto Vieira de Sousa é Jornalista (MTB 0079103/SP), técnico em Sistemas de TV Digital, Fotografo Amador, Radioamador, idealizador e administrador do site GibaNet.com

One Response to "A Igreja do Diabo – Machado de Assis"

  1. Celso Moraes F   07/03/2014 at 18:19

    Um dos melhores textos do Bruxo. Maravilhoso e irretocável, contém grandes verdades sobre a Humanidade. De vez em quando releio, sempre com prazer redobrado.

    Responder

Deixe um comentário