Grêmio Define Venda de Ingressos para o Gre-Nal na Arena

Lino Tavares

Em coletiva realizada na tarde desta segunda-feira, 20/04, no Auditório da Arena, o Grêmio através de seu CEO, Gustavo Zanchi, anunciou o procedimento adotado sobre a oferta de ingressos para a primeira partida da final do Campeonato Gaúcho no estádio gremista, para a torcida adversária. A pedido da Brigada Militar, serão disponibilizados somente 3.500 ingressos: 1900 para cadeiras Superior Sul, 600 assentos nos camarotes (setor sul) e 1.000 para a torcida mista, que será alocada nas cadeiras Gold Sul.

ARENA GREMIO LOTADA

Torcida do Inter terá 3500 Ingressos para o Gre-Nal 405

 

Em coletiva realizada na tarde desta segunda-feira, 20/04, no Auditório da Arena, o Grêmio através de seu CEO, Gustavo Zanchi, anunciou o procedimento adotado sobre a oferta de ingressos para a primeira partida da final do Campeonato Gaúcho no estádio gremista, para a torcida adversária. A pedido da Brigada Militar, serão disponibilizados somente 3.500 ingressos: 1900 para cadeiras Superior Sul, 600 assentos nos camarotes (setor sul) e 1.000 para a torcida mista, que será alocada nas cadeiras Gold Sul. A ideia inicial do Grêmio era a cedência de 10% do total de ingressos (5.500), o que chegou a ser acordado entre as partes em reunião realizada pela manhã, mas a Brigada Militar não homologou o acordo. Segundo Zanchi, desde o Gre-Nal da fase classificatória do Gauchão, quando o presidente Romildo Bolzan assumiu o compromisso de ceder 10% dos ingressos aos visitantes, o Grêmio começou a trabalhar neste projeto, inclusive realizando um investimento financeiro elevado para adequar a configuração da Arena e receber os torcedores com tranquilidade e segurança. “Realizamos reuniões com todas as partes envolvidas, mas hoje à tarde a BM comunicou ao Clube que somente concordava com 3.500 torcedores visitantes, para os quais poderia garantir toda a segurança necessária. O Grêmio reitera o seu objetivo de ter 10% da Arena para a torcida visitante nos clássicos e seguiremos trabalhando para isto, cabendo neste momento respeitar a decisão da BM”.

De acordo com subcomandante-geral da Brigada Militar, coronel Paulo Moacyr Stocker dos Santos, a medida de restringir o número de ingressos, em oposição aos 10% estabelecido pelo Regulamento Geral das Competições da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), é necessário para garantir a segurança das duas torcidas. A decisão teve também o respaldo do Ministério Público. Segundo o promotor de justiça, José Francisco Seabra Mendes Júnior, a posição do MP é pela manutenção de um acordo consensual, entre Grêmio, Internacional e Brigada Militar, e que respeite a segurança de todos os torcedores. A promotoria do torcedor acolhe a decisão e espera que ainda este ano se possa evoluir para os 10% da capacidade de cada um dos estádios para os próximos clássicos.O Tricolor recebe o Internacional no primeiro jogo da final do Gauchão no domingo, 26/04, às 16h, e os sócios já podem garantir seu espaço para o clássico a partir das 11h desta terça-feira, 21/04.

Lino Tavares
Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor

Deixe um comentário