A Loucura

Aécio Cesar

..

Todas as enfermidades de ordem orgânica se derivam dos desequilíbrios da alma? Com exceção de raríssimos casos, sim, segundo o Assistente Barcelos que se destinava à assistência aos loucos e que fazia parte também de grupos socorristas, estando no Santuário da Benção para amealhar mais ensinamentos.
André Luiz, autor do livro em estudos “Obreiros da Vida Eterna”, psicografado por Chico Xavier, discorria sobre as visitas que fez na Terra a sanatórios, com o assistente acima, recebendo, dele, subsídios sobre o tema: “A loucura é um campo doloroso de redenção humana”. Por traz dela, existem variados dramas que maculam muitas almas em estado de aprendizado no mundo. Sem estarem cônscios das responsabilidades que atraíram para si mesmos, difícil é, a princípio, uma compreensão sadia no que condiz à corrigenda, ao perdão e ao apoio espiritual mais dos algozes do que especificamente pelas suas vítimas.

..

loucura

..
Os desequilíbrios da alma são manifestos de diferentes situações. Pode iniciar como uma irritação passageira, tornando-se, muitas vezes, crônicas e até mesmo para agressões físicas chegando a homicídios acompanhados vez outra, de suicídios. Sua ação se faz presente em todas as classes sociais.
É muito fácil, no mundo de hoje tornarmos vítimas de entidades vampirizantes as quais muitos não creditam na sua existência. A vida íntima de cada um de nós é cheia de conflitos por onde travamos as guerras conosco mesmo. Vale aqui o registro também de ordem religiosa, onde muitos acreditam, erradamente, que morreu acabou tudo. Ledo engano os que assim pensam.
As tragédias que, volta e meia, nos deixam perplexos, podem ter suas origens em passados distantes como também na atual existência, enquanto que nos casos de mortes, os homicidas matam apenas o corpo físico dos seus supostos inimigos. A alma, então liberta, tem mais chances de, muitas vezes, se vingar daqueles que não acreditam na vida e dos vivos de além-túmulo.
Diante desse assunto bastante intrincado, o Assistente Barcelos elucida ao grupo que o ouvia atencioso: “Agarram-se instintivamente à organização magnética dos companheiros encarnados ainda na Crosta, viciando-lhes os centros de força, relaxando-lhes os nervos abreviando o processo de extinção do tônus vital…”. Essa atração é nada mais que uma ligação fluídica onde vítima e algoz se confrontam nos dramas criados. E a ação é tão diretamente ligada mente a mente que tanto um como outro não consegue atinar da gravidade da situação. Apenas com a intervenção de terceiros com consciência espiritual no caso pode ser amenizada essa ou aquela obsessão enquanto ela ainda não se transformou em estado de loucura.
Podemos afirmar que essas entidades que assim agem no mundo físico, obsedando homens e mulheres com os mesmos vícios não são demônios na acepção da palavra. São apenas homens que perderam seus veículos de carne por onde saciam seus vícios sugando-lhes o tônus vital das suas vítimas. É a Lei da afinidade agindo conforme o livre-arbítrio de cada um. Concorda comigo Leitor Amigo? 2-e

Aécio Cesar

Eu sou uma pessoa tranquila, mas se pisam no meu calo… Gosto muito de ler obras de autores consagrados nacionais e internacionais. Assisto filmes de ficção, terror, drama. Sou diabético – glicose descompassada – hipertenso e cardíaco. gosto da vida. E dos raros amigos que hoje se encontram ao meu lado. Não tenho família. Vivo só na Terra com Deus nas alturas me protegendo.

Deixe um comentário