Fobias e Crises

O que esperar da personalidade humana no que toca ao seu inconsciente, este, cada vez mais atuante nos sentimentos da Humanidade? E, se, de fato todos nós o carregamos, como despertá-lo com segurança, segundo certas situações no nosso cotidiano? É o que veremos nesse comentário dessa semana.

O Assistente Barcelos nesse sentido nos coloca a par de certas enfermidades que podem se agravar se não tivermos tino de análise, compreensão e conhecimento. Enquanto se encontrava, ele, no “Santuário da Benção”, André Luiz reporta-nos essas conversações escritas no livro em estudo “Obreiros da Vida Eterna”, psicografado por Chico Xavier.

fobia

Segundo o ilustre Assistente acima citado: “…os portadores de sérias perturbações congênitas, em virtude das deficiências de natureza moral, são cultivadas com desvairado apego pelos reencarnantes, nas existências transcorridas”. É o que podemos notar em várias pessoas que carregam a olhos, vistos ou não, certas deficiências de ordem moral que não deixam de ser prisioneiras da própria invigilância, como também, vítimas das marcas indeléveis de passados não muito proveitosos, e que se fortalecem, sem nenhum controle, no dia a dia da raça humana.

De fato, podemos notar, além de outros desvarios, tantos desatinos morais nos noticiários jornalísticos televisivos e/ou escritos. É tanto desequilíbrio, numa sociedade só, que em muitos lares não se leva o menor respeito à própria dignidade, como a de terceiros ao se cometer tremendas atrocidades.

Outra situação desastrosa que sempre deu e ainda dá ibope é a paixão sexual desequilibrada ganhando notoriedade de monta. Em todo tipo e em qualquer situação ela está atuante seja em surdina em muitos lares, nas ruas, na televisão, nos cinemas… Desde um simples olhar visto até mesmo inocente, hoje, pode se transformar num impulso assassino. As psicoses do sexo em destrambelho é o agente principal para tanta desordem moral que vem se alastrando em todas as classes sociais.

A delinquência é fator social que vem se repetindo através de tendências ainda não contidas. Todo infrator que aproveita a sua fraqueza quanto de terceiros para atuar criminosamente seja contra homens, mulheres, jovens, velhos e crianças é um espírito necessitado de maiores cuidados. Sem nenhum acompanhamento médico e espiritual pode vir, ele, a desferir suas peculiaridades nefandas de violência declarada ou não. A Humanidade na sua passagem pelo planeta eclipsia todas as suas virtudes – que ainda são poucas – quando se doa prazerosamente aos desejos extravagantes de pequena ou de grande repercussão. Mas, como estamos aqui, em um mundo provacional, é necessário observar o que nos leva a ter ou a fazer coisas que não se enquadram no bem-viver do Espírito encarnado. “A carne é fraca”, diz certo provérbio, mas não seria ainda mais fraco o espírito que habita esse corpo Leitor Amigo? Cap.2h

Aécio Cesar

Eu sou uma pessoa tranquila, mas se pisam no meu calo… Gosto muito de ler obras de autores consagrados nacionais e internacionais. Assisto filmes de ficção, terror, drama. Sou diabético – glicose descompassada – hipertenso e cardíaco. gosto da vida. E dos raros amigos que hoje se encontram ao meu lado. Não tenho família. Vivo só na Terra com Deus nas alturas me protegendo.

Deixe um comentário