Trecho do filme Julgamento sobre Deus, A Aliança Continua

Gilberto Vieira de Sousa

..

Trago para você o vídeo A aliança continua, que é um trecho do filme “Julgamento sobre Deus” onde alguns judeus, prisioneiros do campo de concentração de Auschwitz questionam os desígnios do deus que acreditam existir, ou seja, o mesmo deus da bíblia cristã, questionando também se este mesmo deus não  teria feio uma nova aliança, com outro povo, por este motivo, eles resolvem colocar deus em julgamento.

Julgamento sobre Deus

No drama os prisioneiros, abalados em sua fé, por conta do terrível sofrimento causado pela guerra, pela prisão e principalmente pelos motivos que os levaram a ser presos começam a questionar se o deus que acreditam não seria o mesmo que outrora estivera ao lados dos judeus e que naquele momento resolvera eleger outra “tribo” para dar graças e poder.

Como é possível que eventos como o Holocausto possam vir a ocorrer, se deus é soberanamente benevolente?

Percebendo que seu extermínio é iminente, Os prisioneiros tentam dar algum sentido a seu destino e percebendo que seu extermínio é iminente, colocam Deus no banco dos réus.

É um filme que trás em sua totalidade a essência questionadora do ser humano.

Com 85 minutos de duração esse documentário da BBC mostra uma profunda e triste reflexão entre judeus num campo de concentração durante a 2ª Guerra Mundial. Aborda assuntos delicados (que geralmente evitamos devido ao constrangimento!) como a justiça divina, a aliança de Deus com o povo Judeus, suas incoerências morais, pondo Deus em xeque e atingindo em cheio sua suposta moralidade e justiça, ou, o que é pior, sua EXISTÊNCIA!!! Obrigatório, essa é uma iniciativa corajosa e raro em documentários mesmo nos dias de hoje! Para ver e refletir com a família na sala!

Elenco: Joseph Muir, Josef Altin, Ashley Artus, Alexi Kaye Campbell, Dominic Cooper, Lorcan Cranitch, Stephen Dillane, Rupert Graves, François Guétary, David de Keyser, Agnieszka Liggett, Louise Mardenborough, Eddie Marsan, André Oumansky, Blake Ritson, Jack Shepherd, Antony Sher, Stellan Skarsgård, René Zagger

..

..

Gilberto Vieira de Sousa

Gilberto Vieira de Sousa é Jornalista (MTB 0079103/SP), técnico em Sistemas de TV Digital, Fotografo Amador, Radioamador, idealizador e administrador do site GibaNet.com

7 resposta para "Trecho do filme Julgamento sobre Deus, A Aliança Continua"

  1. Ivani Medina
    Ivani Medina   28/06/2013 em 05:24

    Deus deve ter sofrido maus tratos na infância.

    Responder
    • Gilberto
      Gilberto   28/06/2013 em 11:02

      Então tá fácil, basta contratar um bom psicólogo…

      Responder
  2. Atena   28/06/2013 em 19:46

    Muito bem argumentado.
    A crentalhada devia assistir este vídeo. Não entendo como podem crer nesse deus da bíblia.

    Responder
    • Gilberto
      Gilberto   28/06/2013 em 21:12

      Atena, eu também não consigo entender.
      Acredito que seja medo de questionar e ser punido, mas pode ser falta de intelecto também.
      Tem pessoas que agridem atores por estarem atuando em papeis onda a personagem é má e outras que acreditam que os programas como BBB e Fazenda são totalmente reais, sem roteiros e sem armações para dar audiência.
      Para este tipo de pessoa, acreditar em um deus qualquer é bem fácil.
      Pior é acreditar no deus do Islã e morrer por ele.
      Mas no frigir dos ovos, não sei te explicar o que leva o ser humano a tamanha ignorância.

      Responder
  3. Gerard Y. Perkins   19/07/2013 em 20:55

    Deus ama o homem e estabeleceu uma aliança com ele, mas o homem quebrou a aliança e caiu em pecado. Conseqüentemente Deus, que é justo, teve de julgar o pecador – a serpente, a mulher, Adão e também as criaturas da terra. Vejamos como cada um deles foi julgado por Deus.

    Responder
    • Gilberto
      Gilberto   20/07/2013 em 03:18

      Sinto muito lhe informar que você não entendeu nada do contexto apresentado, não refletiu sobre os argumentos e com certeza se algum dia leu pelo menos algum pedaço do chamado velho testamento, não entendeu nada do que ali está escrito.
      Este seu argumento é bem semelhante aos argumentos prontos, enlatados, que geralmente parte de quem não sabe nada sobre a doutrina que segue e é apenas mais uma ovelha cega, que cegue seu pastor sem nem imaginar para onde está sendo conduzido.
      Lamento por você e outros que se comportam da mesma maneira.
      Grande abraço

      Responder
  4. psicologo marbella   22/07/2013 em 07:05

    Esto es realmente revelador, eres un blogger muy profesional. Me he unido a tu RSS y espero encontrar más cosas en este gran blog. Además, !he compartido tu sitio en mis redes sociales!

    Saludos

    Responder

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.