O Sucesso

Sandra Franzoso

..

Muitos falam sobre descobrir o segredo do sucesso, seja no âmbito pessoal ou profissional. Evidentemente, ninguém quer perder, contudo, as derrotas fazem parte de nossa trajetória e, por mais insano que pareça, elas podem nos levar à vitória e se tornam aprendizado.

Devemos, em quaisquer circunstâncias, nos levantar das quedas e seguir nossa caminhada. As veredas que nos levam ao sucesso podem ser tortuosas, todavia, cada ser humano possui dentro de si uma força imensurável, muitas vezes desconhecida, escondida, mas pronta para desabrochar tal qual uma flor num pequeno jardim.

Pessoas tentarão nos limitar, dirão que não somos capazes deste ou daquele feito, mas o ser humano tem uma capacidade de adaptação fora de série e um poder de alternância sem igual. Não, não somos capazes de mudar a personalidade, pois a essência sempre será a mesma. Podemos mudar de postura, de visão de mundo, de foco, de ideia, de gostos e estilos. Enquanto respirarmos ainda haverá chances!

Nunca, em hipótese alguma, aceite ser rotulado, busque realizar suas aspirações e siga em direção ao seu objetivo. Recomeçar não é vergonhoso, o triste é não confiar no próprio potencial e deixar a vida passar sem tentar de novo e de novo. Comece do zero outra vez se precisar, mas ande sempre em frente, nunca pra trás.

Sandra Franzoso
Sandra Franzoso é paulistana, mãe coruja, bacharel em Administração, escritora contista, preparadora e revisora de textos. Participou de muitas antologias policiais e algumas fantásticas. Escrever para ela é terapia, possui muita coisa armazenada nas gavetas também.
É alguém que acredita na capacidade do ser humano se reinventar e ainda sonha com um mundo melhor. Temperamental, consciente de suas falhas, mas totalmente do bem e segue na busca da paz interior.

3 Responses to "O Sucesso"

  1. Debora Gimenes   03/07/2017 at 15:26

    O sucesso muitas vezes depende unicamente de nós mesmos. E o que achamos de nós, as pessoas têm o péssimo hábito de rotularem as outras, de colocar os próximo para baixo. Muitas vezes isso se dá pelo fato da pessoa se sentir horrível e não suportar o bem estar da outra.

    Responder
  2. Helder Gonçalves   04/07/2017 at 15:55

    Gostei muito, as vezes ficamos meio baqueados das porradas da vida, mas se a gente não confiar em si mesmo quem vai?

    Responder
  3. Emerson Francischine   06/07/2017 at 15:52

    de acordo, bravo!

    Responder

Deixe um comentário