Workshop Sobre Aquicultura é Sucesso em Imperatriz, no Maranhão

Verônica Macêdo

..

O II Workshop ‘O Mercado Está Pra Peixe”, realizado na cidade de Imperatriz, no Maranhão, lotou o New Anápolis Hotel com mais de cem profissionais, entre operadores de balcão e técnicos, que trabalham em campo na atividade de aquicultura. Um dia antes do evento, todos os participantes tiveram um treinamento prático ministrado pelos representantes da empresa baiana Pratigi Alimentos e do grupo Terraforte, organizadores do workshop.

Palestrantes e produtores visitaram duas localidades, a cerca de 60 km do hotel, para avaliação da produção dos criadores de peixes nativos do Estado maranhense e para percepção da realidade do tipo de cultivo na região. Nestas visitas, foram observadas as instalações dos criadouros de espécies nativas, feitas medições de qualidade da água, dos parâmetros de PH, de oxigênio, entre outras análises de aspectos fundamentais para o controle de qualidade dos peixes. Tudo o que foi avaliado nessas localidades pôde ser abordado durante o workshop com participação maciça do produtores locais.

Rodrigo Octaviano, Blas Martinez, Gustavo Braga e Roberto Wagner

“O evento foi muito bem recebido por todos os criadores da região, que elogiaram a iniciativa, que associou aulas teóricas e lições efetuadas in loco, principalmente por haver cerca de três anos que nada parecido era realizado na cidade e imediações”, revelou Blas Martinez, veterinário e gerente comercial da linha Acqua da Pratigi Alimentos, empresa que, com o apoio da Terraforte,  promoveu o Workshop.

“Sem duvida, eventos como este são vitais para fortalecer a cadeia produtiva, levando informação atualizada até o campo e ressaltando a parceria entre a indústria e o canal de distribuição. A aquicultura é uma forma sustentável de trabalho onde qualidade não se trata mais de diferencial e sim de uma obrigação nossa”, afirma Rodrigo Octaviano, supervisor do grupo Terraforte .

Entre os palestrantes presentes, além de Blas Martinez e Rodrigo Octaviano, estiveram: Roberto Wagner, engenheiro de pesca e representante da Pratigi Alimentos, e Gustavo Braga, agrônomo e professor de Agronomia e Medicina Veterinária da Universidade Estadual de Santa Cruz. A correta alimentação, o adequado manuseio dos peixes e as vantagens do uso dos probióticos na aquicultura foram os principais assuntos que compõem a grade de temas do evento.

Verônica Macêdo
Verônica Macêdo é Jornalista.
Responsável pela empresa “Verôt Comunicação Integrada” escreve entre outros assuntos sobre agronegócio e agroindústria.

Deixe um comentário