Resistência – Por um Brasil Melhor

Gilberto Vieira de Sousa

.

O Diretor Geral da OIT – Organização Internacional do Trabalho, Guy Rider, recebeu ontem, 28 de agosto, em Genebra, quatro presidentes de Confederações do Brasil:  Antonio Carlos Fernndes Jr, da CONACATE – Conf. Nac. das Carreiras Típicas de Estado e também Secretário-Geral da PÚBLICA, Artur Bueno de Camargo da CNTA – Alimentação, Alberto Broch da CONTAG e Moacyr Auersvald da CONTRATUH – Turismo e Hospitalidade.

Todos representando o FST Forum Sindical dos Trabalhadores, unindo os setores público e privado no Movimento RESISTÊNCIA – POR UM BRASIL MELHOR.

Na pauta as graves crises econômica, política, de gestão e de moralidade por que passa o Brasil e cuja responsabilidade o governo tenta fazer crer que são da CLT, dos trabalhadores e das Estruturas de Estado, numa tentativa de desviar de si o foco dos problemas.

O Diretor Geral da OIT – Organização Internacional do Trabalho, Guy Rider, recebeu ontem, 28 de agosto, em Genebra, quatro presidentes de Confederações do Brasil

Guy Rider mostrou estar bem a par dos acontecimentos no Brasil e preocupado com os rumos tomados. Manifestou também estranheza para o fato de a reforma trabalhista ter tramitado em apenas 26 dias, sem discussões com a sociedade. Relatou encontros com dirigentes governamentais do Brasil e ter clara a determinação deles, inclusive pelo fato do próprio presidente Temer admitir que iria implementar medidas impopulares por não ter de submeter de novo às urnas.

Demonstrou satisfação com o fato de os dirigentes sindicais estarem dispostos a negociar os aspecto necessários das reformas, para que sejam equilibradas e justas, criteriosamente distribuídos os ajustes entre todos os setores sociais e econômicos.

A CONCATE entregou formalmente Denúncia envolvendo a não regulamentação da Convenção 151 da OIT e outras irregularidades, solicitando que seja anexada à denúncia já existente de junho de 2017 contra o Brasil, e aceleradas suas consequências.

Foi feito apelo direto e objetivo para que a OIT traga fatores externos ao processo e alinhavadas novas providências, que serão tomadas pelas entidades sindicais, junto ao escritório da OIT no Brasil.

Gilberto Vieira de Sousa

Gilberto Vieira de Sousa é Jornalista (MTB 0079103/SP), técnico em Sistemas de TV Digital, Fotografo Amador, Radioamador, idealizador e administrador do site GibaNet.com

Deixe um comentário