Projeto de barragens ameaça Estrada Parque de Itu e corredeiras do Rio Tietê - Gibanet.com

Projeto de barragens ameaça Estrada Parque de Itu e corredeiras do Rio Tietê 1
As corredeiras do Vale do Rio Tietê, que contribuem com a melhoria da qualidade da água que desce para o interior, podem desaparecer com a implantação de duas barragens no trecho da Estrada Parque de Itu, às margens do rio. Se implantadas, as Pequenas Centrais Hidroelétricas (PCHs) inundarão 120 hectares de Mata Atlântica, que reúnem alguns dos últimos remanescentes do Bioma na Bacia do Médio Tietê (veja na foto de Valéria Rusticci), e áreas com importante patrimônio histórico-cultural, como a Rodovia dos Romeiros, transformada em Estrada Parque em 1996. Implantada entre os Municípios de Itu e Cabreúva, a Estrada Parque estende-se por 48,9 quilômetros e é considerada um modelo pioneiro na implantação desta iniciativa de conservação. Nela, vivem espécies como os macacos bugios da cara preta e jequitibás centenários, convivendo em harmonia com as centenas de romeiros que mantém a tradição católica e seguem para Pirapora do Bom Jesus ano após ano. Comunidade local, romeiros, voluntários da SOS Mata Atlântica e cidadãos estão se mobilizando para defender esta região, protegida oficialmente como Área de Proteção Ambiental (APA). Você pode se informar sobre os desdobramentos desta história e também assinar o abaixo-assinado que será encaminhado ao governador do Estado no site www.rededasaguas.org.br
Texto retirado de: http://www.sosmatatlantica.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.