Quociente Eleitoral - Gibanet.com

Para se eleger um prefeito a conta é simples, somam-se os votos válidos de cada candidato e o que tiver maior quantidade é eleito prefeito.
Já o candidato a vereador tem que se eleger dentro da proporcionalidade, para isso é preciso calcular o quociente eleitoral, divide-se o número de votos válidos pelo número de cadeiras em disputa. Por exemplo, se seu município vai eleger 21 vereadores, divide-se o número de votos válidos por 21. O resultado é o quociente eleitoral mínimo que um candidato tem que atingir para ser considerado eleito, a partir deste ponto calcula-se a quantidade de votos por partido para determinar quantos vereadores serão eleitos por bancada.
Agora é só ver os candidatos que mais tiveram votos e dividir pelas cadeiras a disposição dentro do resultado da conta acima.
Uma grande quantidade de votos brancos e nulos diminui o quociente eleitoral, permitindo a eleição de vereadores com um número menor de votos.
A situação contrária, ou seja, de poucos votos nulos e brancos, eleva o quociente eleitoral, exigindo um número maior de votos para considerar vitorioso um candidato a vereador

One thought on “Quociente Eleitoral

  1. Avatar
    blogdocatarino.com says:

    Esse sistema favorece os grandes partidos que conseguem eleger mais vereadores enquanto um candidato de um partido pequeno mesmo ganhando grande quantidade de votos não se elegerá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.