Algo em que pensar: A Arte - Gibanet.com
https://i1.wp.com/3.bp.blogspot.com/_mr1TSvkfM48/RnB8CLPsuSI/AAAAAAAACVg/HnbfXjPUJI0/s400/arte_traco2.gif?w=1020

(*)

“Já imaginaram como seria o mundo sem os artistas? Seria um mundo muito áspero, muito árido, muito desencantado… não seria o mesmo mundo.

A verdadeira obra de arte, qualquer que seja a sua manifestação, tem em si algo de belo, de sublime, que nos faz sentir elevados e transportados para outra dimensão.

Ao tocar nos nossos sentimentos mais profundos através de uma linguagem sem palavras e racionalizações, um quadro, uma escultura, um livro, uma música, um bailado, uma imagem, qualquer obra de arte atinge-nos directamente nas nossas emoções. Porquê? Porque é a manifestação criativa de algo através da linguagem do coração.

A arte tem o potencial de elevar o ser humano, libertando as suas emoções a um nível que não é nem intelectual, nem racional, mas sim um nível muito mais elevado, o da Alma. E eu vou mais além, eu digo que a arte tem a capacidade de fazer a conexão espiritual. Através da arte o ser humano tem a capacidade de se conectar directamente, e ir lá acima.

A minha proposta hoje é muito simples: escolha uma música, uma fotografia, um livro, vá o teatro ou ao cinema, a uma galeria ou museu, mas escolha uma obra arte que lhe agrade ou que o fascine particularmente, e deixe-se comover, ou perturbar, deixe sentir o que tiver de sentir, sair o que tiver de sair.

Jesus disse-me uma vez que:

Os artistas são avatares, são almas que vêm ao mundo, através da sua mensagem, fazer a humanidade avançar. Os artistas não têm medo da vida. Assim, conseguem subir mais alto e trazer mensagens inspiradíssimas através da sua arte.

O próprio público, quando vê ou ouve uma obra de arte, uma verdadeira obra de arte, eleva-se e também assim vai subindo a sua frequência espiritual e energética.

Seja um criador, um apreciador de arte ou um mero observador, mas deixe-se emocionar, deixe-se elevar…”

Alexandra Solnado

(*) Este texto foi enviado por nossa amiga Rosangela Barreto (Rose), a quem agradeço a amizade e o carinho de sempre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.