Liberação de Bebida na Copa - Gibanet.com

 

bebida na copa
Bebida nos Estádios Durante a Copa de 2014

José Antonio Karacek

.

Nos últimos dias só se ouve falar sobre a liberação ou não da venda de bebidas alcoólicas nos estádios durante a Copa do Mundo de 2014. É ridículo o que estão fazendo com as leis no Brasil. Se já é proibido à venda de bebidas nos estádios, por que liberar na Copa? Só por que é um evento especial?

Todo este debate me soa corrupção. Sejamos realistas, o que está em jogo é dinheiro, dependendo da bolada, a liberação é aprovada. Quem decidirá se a bebida vai ser liberada ou não serão as companhias de cervejas. O tamanho da propina que dará o resultado final.

O que eu penso é o seguinte: se liberarem a bebida na copa, que acabem também com a Lei Seca, pois liberando a bebida nos estádios estarão incentivando os condutores de veículos a dirigirem alcoolizados.

O mais estranho é que não vemos nenhuma reportagem sobre o porquê a mesma foi proibida um dia. Porém é de conhecimento de todos que mesmo a bebida sendo proibida nos estádios, seguidamente, torcidas se envolvem em brigas, provocando até mortes.

Mas como vivemos no país do “jeitinho brasileiro”, onde pra tudo tem uma maneira para beneficiar os interessados, que são capazes de vender a própria mãe quando cai o “cascalho”, pouco temos a fazer a não ser aceitar o que for decidido e trabalhar para pagar a conta, pois esta responsabilidade é exclusivamente nossa…

 .

.

José Antonio Karacek é catarinense, Deficiente Físico, Colunista, Idealizador e administrador do Blog Cotidiano Em Foco, além de ser mais um cidadão indignado com a atual política brasileira

Clique aqui e leia mais artigos de José Antonio Karacek

.

.

Para você configurar seu avatar com sua foto, para que esta fique visível nos comentários, siga os três passos:

1. Vá até www.gravatar.com, clique em SIGN UP.

2. Adicione o e-mail que você utiliza em seus comentários aqui.

3. Complete o cadastro.

.

.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.