“Bruna & Keyla” Marcam o Início de Uma Nova Era no Sertanejo Universitário - Gibanet.com
 “Bruna & Keyla”
“Bruna & Keyla”

Lino Tavares

No dia 30 de junho de 2004, escrevei um artigo jornalístico  intitulado “Havia uma pedra no caminho de Bruna”. Reportava-me, na ocasião, à eliminação – a meu ver, injusta – de uma calouro de nome Bruna Braga, de Belo Horizonte, no Quadro “Quem sabe canta, quem não sabe dança”, do Programa Raul Gil, que era levado aos ar aos sábados na Rede Record de Televisão. Tratava-se, segundo minha ótica, de uma excelente promessa da MPB – que muito me fazia lembrar a diva Elis Regina, no seu início de carreira , no programa de rádio “Clube do Guri”, em Porto Alegre.  Atribuí a saída prematura de Bruna à incompetência (ou talvez inveja), de alguém do júri, que denotava má vontade ao comentar sobre a candidata de forma não condizente com suas exelentes interpretações musicais. Como milhares de telespectadores, lamentei muito a  saída de Bruna daquele programa de TV, cuja trajetória eu acompanhava com entusiasmo, inclusive gravando suas canções em VHS, para “curtir” depois, como até hoje faço. No fecho daquele artigo, expressei minha intuição  de que um dia Bruna Braga haveria de voltar a um programa de televisão semelhante àquele, dessa vez para vencer e ver coroado o seu esforço e o seu enorme potencial artístico,  algo que aquele júri do “Raul Gil” não soube reconhecer.

      Tendo me tornado amigo de Bruna, fiquei sabendo que ela formava Dupla com Keyla Vilaça – também ex-calouro de televisão – fazendo sucesso no gênero Sertanejo universitário, com CD gravado,  shows  em Belo Horizonte e outras cidades da Região Sudeste. Um dia desses,  Bruna anunciou no “face” que vinha uma surpresa boa, por aí, em relação à Dupla “Bruna & Keyla”. Não me foi difícil imaginar que se tratava dá possível  participação no Quadro “Mulheres que Brilham”, do programa Raul Gil no SBT, o que realmente veio a acontecer. A partir daí,  tudo foi festa e emoção. A cada apresentação da Dupla, uma etapa vencida, regada a  elogios do júri, aplausos do auditório, muita torcida na telinha e manifestações de apoio nas redes sociais.

      No último sábado – 8 de setembro de 2012 – aquilo que eu vaticinara, movido por um desejo de justiça, finalmente aconteceu. O Duo “Bruna & Keyla” entra em cena para a grande final, ostentando um visual de encher os olhos, e, com a excelente performance de sempre,  conquista a todos, cantando a música “Nova York”. Momentos depois,  tudo o que restou às duas estrelas,  no palco da decisão,  foi pular de alegria e partir para o abraço, após ouvir a jurado Fran Fortunato anunciar a grande campeão do “Mulheres que brilham”, dizendo com todas as letras “a nossa escolhida foi “Bruna & Keyla”. Junto com a vitória,  o sonho de gravar um CD e assinar contrato de um ano com a Sony Music, uma das mais renomadas produtores de discos do mundo. A consagração de “Bruna & Keyla” marca o início de uma nova era na música sertaneja, que passa a contar agora  com uma Dupla feminina de elevado padrão artístico, ao nível das mais destacadas duplas masculinas desse gênero musical, que é a cara do Brasil.

 “Bruna & Keyla”
“Bruna & Keyla”

Clique no vídeo abaixo, para ver a apresentação da Dupla no Dia da Vitória.

 

.

Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor

.

Clique aqui e leia mais artigos de Lino Tavares

 

Para você configurar seu avatar com sua foto, para que esta fique visível nos comentários, siga os três passos:

1. Vá até www.gravatar.com, clique em SIGN UP.

2. Adicione o e-mail que você utiliza em seus comentários aqui.

3. Complete o cadastro.

One thought on ““Bruna & Keyla” Marcam o Início de Uma Nova Era no Sertanejo Universitário

  1. Avatar
    Diáspes Lucho - Professor de música e guitarrista says:

    Vi essa bela Dupla cantar e posso dizer, como profissional de música, que Bruna e Keyla são afinadíssimas nas suas interpretações e revelam uma sincronia perfeita na combinação de vozes. Cantando e se movimentado no palco, elas revelam um entrosamento que explica o porquê de haverem chegado tão longe. Serão com certeza dignas representantes das cantoras brasileiras, no gênero Sertanejo Universitário. Sorte para elas, que encheram de arte e beleza os palcos do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.