Hebe, Primeira e Única - Gibanet.com
Hebe, Primeira e Única
Hebe, Primeira e Única

 

Lino Tavares

     Nada é mais forte em um ser humano do que os impulsos naturais de sua vocação,  Hebe Camargo, que trocou de plano na primeira semana da Primavera  de 2012, é um exemplo clássico dessa força interior que remove montanhas, como a fé, para conduzir o indivíduo ao ápice da realização desse dom natural, que costumamos chamar de sonho.

   Nascida em uma família humilde, na cidade de Taubaté, interior de São Paulo,  em  8 de março de 1929, enfrentou na infância e na adolescência  as dificuldades naturais de todo  aspirante a artista, naqueles tempos  difíceis em que o preconceito falava mais alto do que a vocação, impondo sérias restrições de natureza social e familiar a quem se dispunha a viver  da arte.

   Determinada e muito consciente acerca daquilo que queria, teve sua primeira experiência  artística aos 11 anos de idade,  formando uma dupla caipira intitulada “Rosalinda e Florisbela”,  com a irmã Stella.  Algum tempo depois, iniciou na carreira solo, cantando sambas e boleros em boates, caminho pelo qual conseguiu chegar ao rádio e às gravadoras, tornando-se conhecida em todo o país.

  Sem ter ocupado espaço entre as mais destacadas cantoras de sua época, como Elizeth Cardoso, Emilinha Borba, Isaurinha Garcia e várias outras, descobre aquela que seria sua principal vocação artística, tornando-se apresentadora de rádio e alavancando assim a brilhante carreira que a levaria à televisão,   na qual estreou em 1955, apresentando na TV Tupi o programa “O Mundo das Mulheres”,  o primeiro de caráter feminino da televisão brasileira.

   Dali por diante não parou mais de crescer profissionalmente, passando por quase todas as redes de televisão do país, sempre marcando presença como  líder de audiência, o que lhe valeu o título de “Rainha da Televisão brasileira”, na visão de milhões de telespectadores e importantes analistas da mídia.

   Sua partida abre uma lacuna impreenchível  nos entretenimentos televisivos da família brasileira, por se tratar de uma apresentadora e animadora sui generis,  capaz de interagir com seu público telespectador, como se estivesse presente dentro de cada lar que a assistia, empregando expressões simples e  carregadas de afeto , como “gracinha”, “pessoinha” e outras que se tornaram  adoráveis chavões de seu linguajar ímpar, franco e direto.

   Desde que Hebe baixou ao hospital, com sua enfermidade agravada, começou a ser cogitada a hipótese do surgimento de um substituto para a  agora saudosa apresentadora de televisão. Pura perda de tempo. Para os especiais, como Hebe Camargo, não existem substitutos. Eles são raridades do tipo “primeiro e único” naquilo que fazem. Ou por acaso alguém já viu por aí “o novo Chacrinha”, “o novo Pelé”, “o novo Ayrton Senna”, o “novo Elvis Presley”  ou  o “novo Papa João Paulo II” ?

.

Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor

Clique aqui e leia mais artigos de Lino Tavares

 

Para você configurar seu avatar com sua foto, para que esta fique visível nos comentários, siga os três passos:

1. Vá até www.gravatar.com, clique em SIGN UP.

2. Adicione o e-mail que você utiliza em seus comentários aqui.

3. Complete o cadastro.

6 thoughts on “Hebe, Primeira e Única

  1. Avatar
    Sissym says:

    Giba, eu sempre a admirei, não tenho palavras para dize tudo que penso, porque seria poucas. Ainda bem que tivemos a sorte de conhece-la atraves dos meios de comnicação. Que ela seja a melhor lembrança, servindo de exemplo, especialmente otimismo, para todos que se permitirem.

    Beijos

  2. Avatar
    Maria Consuelo Lucho de Lucho says:

    Eu apreciava muito a Hebe,por cfausa da sua franqueza e da sua lealdeade. O Programa deele dizia verdades que os outros não dizem. Que Deus a tenha no reino do cdé.

  3. Avatar
    Maria Consuelo Lucho de Lucho says:

    Sempre fui uma grande admiradora da Hebe, pela beleza e a maneira educada de tras os seress hmanos. O programa dela era muito útilo emuito agradável. Sinto o seu desaparecimento e que Deus a tenh

  4. Avatar
    Tânia Lucho says:

    COM CERTEZA O CÉU A PARTIR DE AGORA FICARÁ COM AS NOITES MAIS BRILHANTES ,POIS FAZ PARTE DA SUA CONSTELAÇÃO UMA ESTRELA DE PRIMEIRA GRANDEZA,QUE DEUS TE RECEBA COM O MESMO CARINHO QUE RECEBIAS OS TEUS CONVIDADOS NOS TEUS PROGRAMAS,MERECIDA SAS PALAVRAS CONTIDAS NO ARTIGO DO JORNALISTA LINO TAVARES.

  5. Avatar
    Rosangela Barreto says:

    Que post mais que merecido, Hebe é uma lenda da televisão e ficará sempre em nossos corações.
    O céu está feliz com mais uma estrela que brilha
    Vá com Deus minha GRACINHA !
    Rose*

  6. Avatar
    Marilda Oliveira says:

    A morte de Hebe Camargo foi uma grande perda para a comunicação no Brasil.
    Hebe Camargo deixou marcado seu legado de patriotismo aliado a seu amor pelo trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.