Pensamentos Impróprios - Gibanet.com

Maria Marçal

Quanto tempo não vinha no meu Blog!

Se este fosse gente teria que pedir-lhe desculpas, porque ele me fez e faz tanto bem, ignorando se aqui venho triste ou feliz…apenas me acolhendo, dando abrigo aos meus pensamentos próprios ou impróprios.

Recomeçar a vida com este cartaz: bem vindo 2013 não é tarefa fácil, principalmente quando terminamos o ano anterior sem concluir sonhos ou ainda remexendo demais nos baús interiores.

Isso nos torna meio que desesperançosos frente ao reinício.

Foto Turquia
Esta foto foi tirada pelo meu primo – Carlos Vieira – em Funchal, Ilha da Madeira, na sua viagem a Turquia e Europa em dezembro-2012

Contudo champanhe, lentilha, calcinha amarela e roupa branca nos fazem acreditar que ainda somos capazes de vencer pensamentos à deriva, os quais nos impossibilitam de dar à volta por cima.

Quiçá tenhamos essa capacidade de pensar mais no hoje, libertando o coração dessa mania de sonhar (futuro) errado, porque na maioria das vezes, por não nos conhecermos na essência, descobrimos que a imaginação caminha numa velocidade que se perde da gente.

Talvez seja por isto que fazem liquidações no primeiro mês do ano.

Sonhamos tanto em alcançar algo que quando os temos seu valor é remarcado em 50%, 70% e, no final das contas, se chega à conclusão de que não sabemos exatamente o que queremos… descobrimos que somos todos seres confusos, ora satisfeitos ora insatisfeitos.

Finalizo meu regresso ao Maturidade trazendo uma mensagem otimista – mesmo que as palavras anteriores denotem uma cinzenta percepção, onde se busque, antes de qualquer sonho, descobrirmos mais da nossa intimidade, do que realmente desejamos.

Que procuremos por esses pensamentos impróprios para assim localizar anseios reais, os quais não sejam postos em liquidação ali adiante.

Que tudo seja como um arco-iris, que a gente o admire depois de uma tempestade, dando-lhe o devido e permanente valor.

Um abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.