A Entrevista MPB do Ano - Gibanet.com

 Lino Tavares

           No lançamento desta coluna,  destinada a destacar astros emergentes da  Música Popular Brasileira, temos como entrevistada a cantora mineira Bruna Braga, que se tornou conhecida no Brasil, participando do quadro ‘Quem sabe canta, quem não sabe dança’, do programa ‘Raul Gil’, na TV Record em 2004.

BRUNA-BRAGA-ATUAL

           Com excelente performance, a brilhante caloura tornou-se finalista do programa, interpretando clássicos  da MPB como Codinome Beija-flor, O Bêbado e o Equilibrista, Chão de Giz e o famoso fado Foi Deus, sucesso da cantora portuguesa Amália Rodrigues, cuja interpretação sui generis  a todos emocionou. Muito afinada e com uma postura de palco invejável, a  jovem cantora foi considerada por jurados e críticos musicais uma das mais gratas revelações daquele ano.

bruna-chao-de-giz-003 BRUNA-BRAGA---FOI-DEUS

           Depois dessa passagem marcante na televisão,  Bruna continuou sua trajetória artística em Belo Horizonte, onde formou,  mais tarde, com a também ex-caloura Keyla Vilaça, a Dupla Bruna & Keyla, gravando CDs com composições próprias e realizando shows naquela região. Em meados do  ano passado, a Dupla participou com êxito  do Quadro Mulheres que Brilham, do Programa Raul Gil, no SBT, do qual se tornou vencedora, assinando contrato de um ano com a Gravadora Sony Music, onde gravou  um CD, que será lançado nos próximos dias.

disco-bruna-e-keyra
Biografia da Cantora 

           Bruna Braga nasceu em Belo Horizonte, em uma família de classe média alta, sendo formada em Jornalismo pela Universidade de Salvador-BH. Aos dez anos, revelou sua vocação para a música, iniciando a cantar lírico na Igreja. Estudou piano clássico e teatro, tornando-se solista mirim do Palácio das Artes, com doze anos de idade. Na adolescência, trabalhou com  artistas conhecidos da música mineira, como o famoso violinista Beto Lopes. Depois dessas experiência nos meios artísticos, Bruna volta a brilhar nacionalmente, agora como integrante da dupla Bruna & Keyla, uma das mais promissoras do gênero Sertanejo Universitário.
No final da entrevista, ouça a música “Chão de Giz”, considerada por Bruna sua melhor interpretação como caloura do programa “Raul Gil”, em 2004.

.

Bruna Braga Responde


 

Com que idade você percebeu sua vocação para a música?  Desde bem pequena, cinco, seis anos… escutava música clássica e imitava  as  cantoras dos CDs, mas a música realmente entrou na minha vida aos dez, quando comecei a cantar no Coral Infantil da minha igreja.


Que cantor ou cantora lhe inspiraram na carreira ?
 Comecei me inspirando em Montserrat Caballé , Emma Shapplin,  Maria Callas. Mais tarde quando comecei a cantar popular me inspirei no Fredie Mercury, Daniela Mercury, Elba Ramalho, Zé Ramalho, Milton Nascimento….foram alguns.

Estudar música foi para você uma tarefa fácil?
 Não estudei muito música, sou autodidata no piano. Estudei pouco mais de um ano o instrumento e voltei a estudar agora, porque acompanhar-se é muito diferente de quando  tocava partitura. Canto estudei quando estava mais velha, com vinte e dois anos mais ou menos…fiz dois anos de canto lírico.

Quem foi seu maior incentivador, ou incentivadora, nessa opção pela música?
 Eu sempre quis isso, trabalhar e viver da música, mas com certeza meus pais, principalmente minha mãe, foram muito importantes para que eu seguisse esse sonho! Eles sempre acreditaram em mim.

Como você se sentiu quando pisou pela primeira vez no palco do Programa Raul Gil como caloura?
 Nervosa! RS! Muuuuuuito nervosa! RS! Não acreditava que estava lá…pensei: estou ficando louca! Como vou competir com esses cantores e cantoras tão competentes? Foi uma experiência muito gratificante e fortalecedora!

Em qual das músicas cantadas no Programa Raul Gil, em 2004, você se sentiu mais segura de si?
 Chão de Giz com certeza! Tenho uma paixão por essa música indescritível e sempre que podia cantava ela!

Você acha que os critérios de julgamento dos programas de calouro são justos e adequados?

Acredito que gosto é muito pessoal….e claro que isso acaba influenciando cada jurado. Também vale o fato de que somos humanos e sempre existe aquela pessoa que você simpatiza mais, não adianta querer afirmar que os jurados de qualquer tipo de programa são imparciais…é impossível isso! Mas o que precisa ter é bom senso, ética e principalmente entender o assunto pelo qual você foi designado a julgar.

O que representa para você dividir o palco com  Keyla Vilaça, constituindo a dupla feminina mais promissora do Brasil? 
A Keyla para mim é muito mais que uma parceira, ela é uma amiga, uma pessoa que admiro e adoro! Cantar para a gente, estar no palco, é ficar alegre, a gente se diverte com aquilo, é natural…amamos estar ali! E dividir o lugar que mais amo com uma pessoa que tem talento e que ama a música tanto quanto eu….é a melhor coisa do mundo!

Se não fosse cantora, você se dedicaria ao jornalismo, no qual é diplomada?
 Com certeza se não estivesse conseguindo me sustentar com a música trabalharia com o jornalismo,  mas cantaria por hobbye! Kkkkk…largar  a música jamais! O jornalismo que gostaria de fazer é o social, trabalhei um ano com um projeto  voltado para o terceiro setor e quero voltar a fazê-lo.


Como você descreveria o ambiente encontrado na Sony Music, onde gravou o recente CD da Dupla Bruna & Keyla? 
Maravilhoso! Fomos recebidas com muito carinho e respeito na Sony! Toda a equipe da gravadora é muito competente, profissional e as pessoas que cuidam diretamente da nossa carreira são extremamente carinhosas e especiais!

A que você atribui a vitória de Bruna & Keyla no quadro Mulheres que Brilham?
 Acredito que além de sermos artistas competentes, somos um produto diferenciado, que o mercado musical está interessado. Está faltando uma dupla feminina no cenário fonográfico e isso é interessante para a gravadora…além de sermos compositoras, instrumentistas e graças a Deus termos agradado o público e os jurados. Somos uma dupla comercial, é isso! Indiscutivelmente  no programa tinham cantoras com vozes bem mais potentes e belas que as nossas, como a querida Ludy Rocha, por exemplo, mas contou ponto a nosso favor  a força do sertanejo atualmente, o mercado e a nossa proposta, que  foram interessantes para a gravadora.

.

Responda sucintamente!

.

Esporte preferido?  Mountain Bike

.

Clube do coração?  Atlético Mineiro

.

Cor preferida? Branco

.

Número de sorte? Oito

.

Uma superstição? Não tenho

.

Prato preferido?  Qualquer massa

.

Cantor e cantora de todos os tempos:

Nacional?  Milton Nascimento

Internacional?  Montserrat Caballé

.

Personalidade de todas as épocas:

Nacional? Chico Xavier

Internacional? Elvis Presley

.

Uma viagem inesquecível?  As viagens para minha fazenda…são todas especiais!

.

Passatempo preferido nas horas de folga? Andar de bicicleta

.

Pessoas que mais tocam seu coração? Os fãs

.

Uma paixão?  A vida

.

Planos para o futuro?  Vivo intensamente o presente

.

Considerações finais sobre a entrevista.

.

Obrigada Lino pelo carinho! Uma das minhas maiores alegrias em trabalhar com a música é o fato dela me aproximar de pessoas incríveis como você, saber que a minha voz e minhas composições alegram o dia das pessoas, consolam choros e podem transformar os momentos em inesquecíveis…é a melhor coisa do mundo!

.

 Video da música “Chão de Giz” (Bruna Braga)

 

6 thoughts on “A Entrevista MPB do Ano

  1. Avatar
    SÔNIA PIRES says:

    A Bruna é fantástica, de uma personalidade marcante e de uma inteligência sem igual…
    Saber aproveitar as oportunidades que atravessam nossas vidas, não é uma função tão fácil, mas ela soube com muita garra
    abraçá-las no momento certo, na hora certa.
    Agora, é vê-la junto com a Keyla, realizar um sonho de muitos artistas, que é serem reconhecidas por uma grande nação, chamada BRASIL.

  2. Jornalsta Lino Tavares
    Jornalsta Lino Tavares says:

    Obrigado Rosilene. A intenção é mostrar ao Brasil que as meninas da Dupla Bruna & Keyla não são “marinheiras de primeira viagem”, nessa jornada gloriosa que começou no Mulheres que Brilham.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.