Emílio Santiago Agora é Saudade - Gibanet.com

Lino Tavares                                                             

O Brasil perdeu, nesta quarta-feira, 20/03/2013, um de seus maiores expoentes da MPB, na figura de Emílio Santiago, que partiu para sempre, indo  se juntar a tantos outros do mesmo nível, trocando os palcos terrenos pelos que estão  na  imensidão de um plano superior que não conhecemos, mas cuja existência sentimos nas entranhas da alma.

O cantor que ora nos deixa foi uma das vozes mais lindas que esse país conheceu, dono de um repertório em que o românico e o descontraído andavam de mãos dadas, rastreando as preferências populares, para encontrar sempre uma maneira versátil e dinâmica de agradar pessoas de todas as gerações e de todos os gostos musicais.

Formado em Advocacia, preferiu seguir a sua vocação inata, que era cantar, a frequentar as atividades forenses, como profissional das leis.

Surgiu no cenário musical brasileiro, na década de 1970, vencendo o programa “A Grande Chance”, de Flávio Cavalcanti, na TV Tupi, em função do que gravou seu primeiro compacto “Transas de Amor”. Em 1982, venceu o Festival MPB Shell, na Globo, cantando o samba “Pelo Amor de Deus”. Sempre crescendo no seu potencial artístico, foi escolhido, em 1985, o Melhor Intérprete do “Festival dos Festivais”, também promovido pela Globo.

Em 1988, a convite de Roberto Menescal e Heleno Oliveira, gravou o primeiro disco da série “Aquarela Brasileira”. No auge da fama, brilhou nos palcos da Europa e dos Estados Unidos, sendo comparado a grandes cantores internacionais, em jornais e revistas do mundo ocidental. Ao longo da carreira, lançou mais de 25 álbuns e quatro DVDs, conquistando no ano passado o Grammy Latino de Melhor Álbum de Samba/Pagode.

Entre seus maiores sucessos, além dos já ciados, incluem-se as músicas “Saygon”, “Lembra de mim” e “Verdade Chinesa”.

EMÍLIO-SANTIAGO-2

Que Deus o ilumine nos seus Domínios das alturas e o permita representar lá tudo quanto representou aqui como agente do bem e enviado de Deus para distribuir alegria a todos, com seu talento, como Papai Noel distribui presentes nas noites natalinas que cintilam no imaginário das crianças do mundo inteiro. E que suas fontes de inspiração, como Nélson Gonçalves, Anysio Silva e a ‘anfitriã’  Elis Regina’, que já se encontram por lá, os recebam de braços abertos, reservando-lhe um espaço nobre nos palcos de ouro do universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.