O Cavalo Cego - Gibanet.com

Na estrada de minha casa há um pasto. Dois cavalos vivem lá. De longe, parecem cavalos como os outros cavalos, mas, quando se olha bem, percebe-se que um deles é cego. Contudo, o dono não se desfez dele e arrumou-lhe um amigo – um cavalo mais jovem.

Isso já é de se admirar. Se você ficar observando, ouvirá um sino. Procurando de onde vem o som, você verá que há um pequeno sino no pescoço do cavalo menor. Assim, o cavalo cego sabe onde está seu companheiro e vai até ele.

Ambos passam os dias comendo e no final do dia o cavalo cego segue o companheiro até o estábulo. E você percebe que o cavalo com o sino está sempre olhando se o outro o acompanha e, às vezes, pára para que o outro possa alcançá-lo.

beautiful

E o cavalo cego guia-se pelo som do sino, confiante que o outro o está levando para o caminho certo. Algumas vezes somos o cavalo cego guiado pelo som do sino .

Outras vezes, somos o cavalo que guia, ajudando outros a encontrar seu caminho. E assim são os bons amigos. Você não precisa vê-los, mas eles estão lá.

9 thoughts on “O Cavalo Cego

  1. Pingback: O Cavalo Cego - GuerraVet | GuerraVet

  2. Avatar
    Blog Buymazon says:

    Giba, pela conotação crítica que vejo em seu blog. Sempre a frente com artigos que desnudam a sociedade e seus problemas recorrentes, esperava outro desfecho para a história acima. E isso não é uma crítica. É um elogio.
    Porém olhando agora com seus olhos, concordo contigo. Muitas vezes estamos tão perdidos, que não custava nada alguém bater um sino para nos guiar. Outras estamos tão ocupados que esquecemos de olhar ou bater o sino para o outro.

    Obrigado por “sinar” para nós.

    • Gilberto
      Gilberto says:

      Ana, se nós nos apegarmos somente as críticas e aos desmandos da sociedade, nos tornaremos pessoas amargas e insuportáveis.
      Sempre temos ao nosso lado pessoas que nos tem muito carinho e que querem nos ajudar.
      Como se diz no budismo, a corda do violão não pode estar muito esticada e também não pode estar muito frouxa.
      Obrigado por sua visita e comentário.
      Um grande abraço

  3. Avatar
    Caetano de Oliveira, Joao D says:

    O que precisamos ter cuidado na vida é que existem muitos “falsos amigos” tocando sinos para que nós, cegos pela ingenuidade, caminhemos para as armadilhas que eles preparam…

    … mas se identificamos os verdadeiros amigos, via de regra, sao eles que acabam nos salvando nessas horas em que acabamos falhando em nossas avaliaçoes, porque somos humanos e, como tal, muito imperfeitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.