Kelly Moore, Um Cantora Padrão Internacional - Gibanet.com

Lino Tavares

;;

Na série de entrevistas com talentos emergentes da música brasileira, figura nesta edição a cantora Kelly Moore, de São Paulo, detentora de uma carreira brilhante, na qual tem se destacado, lotando casas de espetáculo em seus shows considerados de excelente nível, por críticos e apreciadores de sua arte.

capa-nova

Trazendo no semblante os traços marcantes da mulher de descendência ibérica, dada sua origem portuguesa e espanhola, Kelly é possuidora de um timbre de voz único, constituindo-se na mais nova revelação do Pop Rock nacional e latino. Nasceu em 05 de Agosto, na cidade de São Paulo, transferido residência, aos 11 anos de idade, para Nova Esperança, no Paraná. Pouco tempo depois iniciou sua trajetória artística na cidade paranaense de Maringá. Passando por diversas bandas e cantando na noite, nos mais variados estilos, Kelly Moore acumulou muita experiência, alcançando um nível de maturidade artística que a tornou aos olhos de todos uma verdadeira musa da canção popular.

Kelly despontou para o sucesso a partir de exitosa participação num concurso de talentos promovido por uma emissora paulista de televisão, ganhando a partir de então projeção nacional e internacional. Ao longo de 28 semanas (cerca de sete meses), a cantora liderou o concurso, tornando-se atração especial, que elevou o índice de audiência do programa, levando-a a conquistar com sua extraordinário performance milhares de fãs e admiradores de todas as partes do Brasil e do exterior.

kelly-moore-17)

De posse desse elevado conceito, não lhe foi difícil partir para a gravação de seu primeiro CD, que foi lançado em 2002, intitulando-se “Quanto mais quente melhor”, tendo como produtor o renomado DJ Cuca. O álbum tornou-se um sucesso, alcançando um excelente nível de vendagem, que esgotou toda a tiragem da gravação já na primeira semana que sucedeu ao lançamento.

Nos anos de 2008 e 2009, Kelly Moore integrou com muito brilhantismo o musical “ROCKSHOW”, espetáculo onde se conta, através de músicas e uma incrível performance, a história do rock. O musical teve direção do destacado produtor Hudson Glauber e supervisão do famoso diretor de teatro e televisão Wolf Maia.

Cantando na noite, Kelly passou por diversas bandas, viajando por diferentes estilos, acumulando assim muita experiência, em função da qual adquiriu maturidade e autoconfiança, tornando-se um cantora completa, alvo de muitos convites. para espetáculos inesquecíveis.

Retornando a São Paulo, Kelly conquistou a simpatia do público e de profissionais da música, iniciando assim a consolidação de sua carreira e vendo aumentar o leque de opções no mercado de trabalho. Começava a viver, então, uma nova era, marcando presença em diversas bandas e realizando gravações de jingles para rádio e TV, bem como participando da gravação de discos de artistas consagrados da musica brasileira. Com essa bagagem, ingressou no mundo dos musicais, participando inicialmente da peça “Casas de Cazuza”, produzida por Rodrigo Pitta, na qual atuou no papel principal, cantando e dançando, mas sempre preservando sua opção pela arte de cantar, vocação que traz de berço.

Respaldada no misto de talento e sensualidade que a tornam possuidora de invejável postura de palco, Kelly Moore vislumbra o mercado externo como próximo passo na carreira artística contando para a consolidação desse projeto com os diversos Fã-Clubes que conquistou em lugres como o Japão, a África e Miami, dispondo ainda de uma sede oficial em Chicago, nos Estados Unidos. Em 2010, Kely Moore foi destaque na mídia, comandando o agito dos sábados do pop latino do Rey Castro Cuban Bar, em São Paulo.Em função desse crescimentos artístico, no curso do qual revelou sua vocação e sua cultura musical, Kelly se tornou alvo de muitas referências positivas nos veículos de comunicação, tendo participado, como convidada especial, de um júri de programa de calouros na televisão.

KELLY-MOOR-CANTANDO

;;

Kelly Moore Responde

;;

Como se sentiu emocionalmente quando cantou em público pela primeira vez ?

R: Por incrível que pareça não fiquei nervosa não, pra mim era como se fosse brincadeira, eu estava à vontade como se fosse a sala da minha casa…rsss

.

Você se considera ou já se considerou uma cantora romântica ?

R: Posso dizer sim que sou bem eclética!!!

.

Como você se define hoje como cantora ?

R: Uma cantora de música Pop,que tem inúmeras influências mas que se sente bem a vontade em viajar por diversas vertentes!!!

.

Qual, entre as música que já cantou, considera como sua melhor interpretação ?

R: Poxa vida, não vou falar por mim não, e sim, pelo que escuto dos fãs, migos que comentam pra mim as suas preferências. Dentre elas a que mais se destaca na preferência deles é “TOTAL ECLIPSE OF THE HEART” que eu gravei no meu primeiro Cd “QUANTO MAIS QUENTE MELHOR”…..Acho que posso citar essa…rsssss

.

Você se acha mais segura cantando em Português ou em Inglês ?

R: Com certeza em Português, pelo fato de ser brasileira e claro, é algo natural, apesar da maioria das pessoas me conhecerem cantando em Inglês, mas além do Inglês e português posso dizer que me sinto também muito à vontade cantar em Espanhol, é uma bela melodia pra mim!!!!….Estranho né ?…rssss

.

Que nota, de zero a dez, você daria para o nível da música brasileira de hoje ?

R: Prefiro não dar notas….

Hoje em dia vejo a música popular brasileira bem complicada, na maioria das vezes você só escuta letras falando sobre bebedeira, sacanagem e mulherada. Muitas das vezes letras que denigrem a imagem da mulher; difícil conseguir escutar uma música que não tenha duplo sentido, resumindo, nossa música ‘tá’ virando pornografia!!!!….

Estão esquecendo o romantismo e a poesia; as pessoas conseguem nitidamente contar nos dedos cantores e cantoras que têm melodia e poesias em suas canções.

.

Como ex-caloura do Programa Raul Gil, você acha que a seleção nos programas de calouros obedece a critérios totalmente justos ?

R: Bom, acontecem muitos equívocos, nem todos são justos, também não se pode generalizar, há suas exceções!!!

.

Você acredita que a participação por longo período em programas de calouros é suficiente para garantir a quem participa viver profissionalmente de música ?

R: Claro que não, depende de muitos fatores como talento, trabalho duro, investimento e um pouco de sorte também!!!….Acredito que tudo tem sua hora certa, basta persistir, não desistir jamais, lógico, se realmente é isso que você quer!!!

.

Ter voltado ao Programa Raul Gil como jurada representou para você a afirmação plena na carreira de cantora ?

R: Acho que, se eles não confiassem nas minhas opiniões e julgamento, bem provável que eles não teriam me convidado pra participar do júri.

.

Você acha que os programas de calouro, como o do Raul Gil, fazem tudo quanto poderiam para alavancar a carreira de seus participantes no mercado de trabalho, ou deixam a desejar nesse aspecto ?

R: Essa é a grande proposta dos programas em geral de Calouros, senão não teria o porquê de existirem esses quadros!!!..

.

A que você atribui a ausência dos grandes festivais de músicas, neste século, ao contrário do que acontecia na segunda metade do século passado ?

R: Pura falta de incentivo; o novo assusta e hoje as pessoas têm um certo medo de apostar em novas ideias.

.

Você acredita que é possível aos cantores novos de hoje chegarem ao ápice da fama sem pagar jabá nos grandes programas de rádio e televisão ?

R: Possível até pode ser, mas que é muuuuuuuuuuuuuito difícil, ah!!…isso é!!!…rsss

,

Considera satisfatório o apoio dispensado pelo Ministério da Cultura à arte musical brasileira ?

R: Não, o Ministério da Cultura deveria e poderia investir muuuuuuuito mais na arte em geral no nosso país, se quisessem; se houvesse incentivo nas escolas, aulas de música, teatro… a educação das crianças no futuro poderia ser bem diferente!!!!….Há muita burocracia que não ajuda em nada o artista, é a mesma coisa que não ter!..

;

Acredita que possa haver mudanças para melhor, a partir dos protestos de rua que estão acontecendo no Brasil ?

R: Sim, com toda a certeza!!!….O Brasil acordou e estão reivindicando seus direitos e isso é lindo; é aquele velho ditado “ QUEM NÃO CHORA NÃO MAMA!!”…Temos que ir pras ruas sim, gritar “ESTAMOS AQUI!!”…Mas claro, sem vandalismo, porque isso não leva a nada!!

kelly-moore(24);;

“Bate Bola” Com Kelly Moore

..

Uma grata recordação? Minha infância

Um agradecimento especial ? A Deus por estar sempre comigo.

O momento mais importante de sua vida? Quando descobri que poderia ser cantora.

Um sonho ? Continuar trabalhando com música e continuar cantando até ficar velhinha.

Uma decepção ? Com a política do nosso país..

Uma superstição ? Nenhuma

Cor preferida ? Vermelho

Número de sorte ? 10

Principal Hobby ? ficar em casa assistindo TV depois de um dia exaustivo de trabalho.

Time para o qual torce ? BRASIL FUTEBOL CLUBE!!…rsssss

Cantores de todos os tempos:

Cantor:

Nacional ? Roberto Carlos

Internacional ? Michael Bolton / Luis Miguel / Stevie Wonder

Cantora:

Nacional? Alcione, Ana Carolina, Marisa Monte e Ivete Sangalo

Internacional? Tina Turner / Toni Braxton / Anastacia

Personalidade de todas as épocas:

Nacional ? Roberto Carlos e Lula / Carmen Miranda

Internacional ? Barack Obama e Oprah Winfrey

Projetos na carreira ? De gravar um Cd e Dvd ao vivo e continuar na estrada, trabalhando com o que amo, que é cantar!!!

;;

Considerações finais:

;;

Em primeiro lugar agradecer a Deus pela minha vida, a da minha família, a todos que me acompanham, e por me permitir continuar a trabalhar com que eu gosto, que é MÚSICA, porque isso no Brasil hoje é questão de sorte!!…rsss

Agradecer a todos os fãs e amigos pelo amor, carinho,incentivo e por acreditarem no meu trabalho. Vocês é quem mandam, se fosse ao contrário eu não estaria aqui. E Também agradecer ao Lino por me dar a oportunidade de me expressar nessa entrevista, um

grande abraço!!

;;

Uma Mensagem aos Fãs:

;;

E galera é isso aí…Obrigada por tudo e que Deus os abençoe sempre, fiquem com Jesus!!..bjos.

Kelly Moore

Encerrando a entrevista, o leitor poderá conferir a excelência interpretativa de Kelly Moore, vendo e ouvido-a cantar “Total Eclipse Of The Heart”, música considerada por ela como sua melhor interpretação:

..

4 thoughts on “Kelly Moore, Um Cantora Padrão Internacional

  1. Avatar
    Marcelo says:

    Para mim, é uma das melhores Cantoras do Brasil,

    Merece ser muito Famosa, inclusive Internacionalmente.

    Parabéns

  2. Pingback: Marly Marley, Uma História Bonita de "Luz, Câmera e Ação" - Gibanet.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.