Laérico Da Costa, da Escola de Samba ao Grammy Latino - Gibanet.com

Lino Tavares

……

Nosso entrevistado de hoje, na seção Arte e Cultura, é o Produtor musical e Instrumentista Laércio da Costa, possuidor de um admirável currículo no qual se incluem trabalhos com renomados artistas da música brasileira, atuando como Diretor Musical e Percussionista na empresa Jeito Moleque, Músico Percussionista nas empresas Alexandre Pires e Fernando e Sorocaba, além de Diretor e Produtor Muscial dos Produtos FS.

LAERCIO-1

Biografia

       Nascido em São Paulo, capital, onde reside atualmente,  Laércio da Costa começou ainda criança  a ter seus primeiros contatos com a arte musical, entrando para a bateria-mirim da Escola de Samba Nenê da Vila Matilde,. aos nove anos. Autodidata, aprendeu sozinho a tocar vários instrumentos de percussão e, aos 13 anos, já se apresentava na noite. Em 1987, na seletiva pelo samba-enredo da Escola de Samba Nenê da Vila Matilde conheceu Eliana de Lima, uma das concorrentes,  que o convidou a integrar sua banda, na qual permaneceu até 1996, gravando pela primeira vez. Teve sua primeira experiência internacional em 1994, acompanhando a Escola de Samba Rosa de Ouro. Entre 1995 e 1996, participou do primeiro disco da cantora Maria Odete, que incluía a música “Boa palavra”, composição de Caetano Veloso, que fez  participação especial no CD. Neste mesmo ano, tocou com Pato Banton, músico jamaicano de reggae. De 1997 a 2000, acompanhou o grupo Soweto em vários shows. Em 1998, foi para Espanha convidado por Oscar Gomez, que produz várias grupos de sucesso locais, gravando, entre outras, com a banda Meztizo. Em outubro do mesmo ano, excursionou com o grupo Só Pra Contrariar pelo Brasil e Miami (EUA).  Trabalhou também com Take Six e Billy Paul, dos EUA, Ivan Lins, Beth Carvalho, Pery Ribeiro, Negritude Jr., Banda Mel, Márcia Freire e várias duplas sertanejas. Produziu vários discos de grupos de pagode, entre eles, o Consagrassamba.

Em suas produções  recentes figuram destacados talentos como  Irmãos Decris, Erikka Rodrigues, Pedro Henrique & Fernando, os médicos Herico Neto & Daniel, Maninho & Poconé, Giovanna Vilarinho, Leo Rodriguez, Grupo Sereno, e o pentacampeão de montaria Leandro Baldissera – DVD que produziu no palco principal de Barretos.

 LAERCIO-3

Grammy Latino 2013

 

   Um dos maiores orgulhos de Laércio da Costa, no momento, é o fato de ter produzido a linda canção “Vem me Completar”, de Joelson Castro e Felipe Salles, gravada em clipe pela dupla Bruna & Keyla, com participação especial de Eduardo Costa, indicada em setembro para concorrer ao 14º Grammy da Canção Latina,  na categoria “Melhor Canção Brasileira”, ao lado de nomes famosos como Caetano, Veloso Roberto Carlos, Djavan e outros.  O CD “Bruna & Keyla também foi uma produção sua juntamente com  Dudu Borges.

     Ao tomar conhecimento sobre a indicação da música “Vem me completar” para o Gramy Latino de 2013, Laércio extravasou sua emoção nesses termos:   “Foi incrível, estava na casa do cantor Hugo Pena junto com o Gabriel, distraindo jogando um Pokerzinho, quando recebi a notícia do produtor de estrada Ivamar Gomes, da Bruna & Keyla. Meu coração disparou de emoção, uma surpresa muito grande, de tantos artistas que estão no meio e nunca foram indicados. E, por ser uma dupla feminina e com uma carreira bem recente, é uma vitória pra mim”. E prossegue: “Essa música tem uma história bacana. Fui a Unaí/MG na casa do meu amigo Bruno Bolognese, empresário artístico. Ele me indicou seu cantor e compositor Felipe Salles, junto com o cantor e compositor Joelson Castro, uma música que na primeira audição eu já gostei demais. Bruna & Keyla e Sergio Bitencourt, da Sony Music, me deram a oportunidade de Produzi-las e na primeira instância mostrei a eles e gostaram demais. E, com a graça de DEUS, deu no que deu. As meninas cantaram demais e a participação do Eduardo Costa foi a cerejinha do bolo que agregou muito”. Já tive várias emoções com o Grammy Latino e Mundial como músico, de vários artistas nacionais e Internacionais como Eros Ramazzotti, Rick Martin, Alexandre Pires, que gravei recentemente. Também tive o prazer de gravar com a cantora Glória Estefan junto com seu marido Emílio Estefan, uns dos maiores produtores mundiais. Foi um “sonho realizado”. Mas, como produtor é a primeira vez que uma obra que produzi e arranjei foi para o Grammy Latino e falo que sou pé quente hein? Essa música “Vem me completar” é muito linda e se DEUS quiser, iremos ganhar. Só de ser indicado ao prêmio já está ótimo… Mas, estaremos na torcida”.

  LAERCIO 7 (1)

Depoimentos

                              

        Convidadas pelo autor da matéria para uma participação especial na entrevista, Bruna Braga e Keyla Vilaça, integrantes da Dupla Bruna & Keyla, manifestaram seu apreço ao nosso entrevistado, expressando-se nesses termos:

Bruna Braga

   “O Laércio além de ser um profissional talentosíssimo se tornou também um grande amigo. Ele foi uma das primeiras pessoas a acreditar no nosso trabalho, mesmo antes de ganharmos o Mulheres que Brilham. Sempre nos apoiou e divulgou a dupla, então nada mais normal que ele fizesse parte do nosso CD, da nossa história. E tudo que se faz com amor e carinho dá certo, e o Lalá ( apelido carinhoso que chamamos ele) dedicou tanto ao nosso CD, ele fez com tanto amor, que essa indicação com certeza tem todo o mérito dele!!!! Ele nos apresentou Vem me Completar logo no início da gravação do CD e disse: essa música vai ser sucesso! Em resumo….os anjos disseram amém para as palavras dele!!!! Só temos que dizer: obrigada Lalá!”

 

Keyla Viaça

 

“Laércio da Costa é um querido, que tivemos o prazer de conhecer na nossa caminhada musical, e tivemos o prazer de tê-lo como produtor do nosso CD junto com Dudu Borges. A música Vem Me Completar nos deu uma grande felicidade ao ser indicada ao Grammy Latino como Melhor Canção Brasileira, produzida por ele. Além de um coração enorme, Laercio é um grande profissional responsável por vários sucessos da música nacional e internacional, e é uma alegria tb tê-lo como amigo. ”

LAERCIO 2

Laércio da Costa Responde

 Quando iniciou sua participação na Bateria mirim  da Nenê da Vila Matilde, você já trazia de berço o sonho de se tornar músico ?

 R:  Não imaginava o que seria músico, nem sabia o que queria da minha vida, pois afinal eu era apenas uma criança, Minha Mãe, Dona VITÓRIA que está no céu, me levou na quadra da Escola,  quando me deparei com a bateria, fiquei encantado e vi também as crianças e pedi pro Mestre Bateria pra deixar eu tocar, sem eu saber tocar nenhum instrumento, fiquei olhando e saí tocando…..

Além do samba carnavalesco, que outro gênero musical você apreciava quando tomou gosto pela música  ? 

R: Ouvia muito Rock, QUEEM, ELTON JONH, BLACK SABA entre outros com meu tio OLÁVIO, ouvia também TOM TOM CLUBE que fui assimilando os instrumentos de percussão.

Além de baterista “ritmista”, você viveu alguma outra experiência nos meios carnavalescos de São Paulo ? 

R. Sim, comecei a desfilar em 1985 na Bateria da Nenê de Vila Matilde e de quebra foi Campeã e fomos desfilar no Rio de Janeiro como premiação, depois de uns 12 anos fui JURADO CARNAVALESCO do quesito “BATERIA” durante 4 anos em São Paulo do Grupo 1.

Depois de ter aprendido a tocar vários instrumentos, você chegou a traçar um plano de carreira como cantor ou instrumentista  ? 

R: Minha carreira foi evoluindo sem eu perceber, fui pegando gosto cada vez mais pelos instrumentos, tocando sozinho, sem ter aula, ouvindo bastante estilos musicais, e também comecei com o Grupo EXPRESSA SAMBA,  tocando Pandeiro e em Seguida pegando estrada com a Cantora ELIANA DE LIMA,  tocando percussão geral e cantando com 14 anos de idade.

 

Quando foi que você percebeu que poderia chegar onde chegou como produtor musical ?

 R: Sempre tive grande admiração com os Produtores que trabalhei e a questão Produção Musical sempre me fascinou, porque quando eu estou gravando sinto muita inspiração e acaba pintando umas ideias de arranjos diferenciados. Isso foi Naturalmente na verdade, até surgir a oportunidade da minha primeira Produção do Grupo BADABAWÊ em1995 junto com a Cantora ELIANA DE LIMA.

Que avaliação você faz do nível das músicas produzidas hoje no Brasil. As considera ótimas, boas, razoáveis ou ruins ? 

R: Tem de tudo, Acho que a música sempre tem suas reformulações em ritmos, melodias, intepretações e etc;  eu sei que tenho que respeitar cada estilo, GOSTO NÃO SE DISCUTE.

 

Com sua experiência de produtor, você acha que a seleção nos programas de calouros obedece a critérios totalmente justos ? 

R. Difícil avaliar, eu sempre fui justo como Jurado, não concordo com certos resultados em programas de Festivais e etc…Hoje existem Jurados que são selecionados, sem ao menos um conhecimento musical.

Você já participou de algum programa de calouros ou  outros concurso de música similares ? 

R: recebi convites, mas não pude participar devido à agenda de shows.

Acha possível a um cantor novato alcançar o sucesso sem pagar jabá nos principais programas de rádio e televisão?

 R: Acho sim, até porque tem que existir sorte e reconhecimento do mercado fonográfico.

A ausência dos grandes festivais de música, neste início do século 21, está fazendo falta para abrir espaço aos novos talentos que surgem na música brasileira ? 

R: Faz falta sim, porque um Festival é um Festival, apesar dos programas hoje de TVs, apresentarem alguns concursos.

Dentre as várias produções musicais que realizou, qual a que mais lhe gratificou do ponto de vista profissional ? 

R: SÓ PRA CONTRARIAR em 2003 com Alexandre Pires,    que foi  a Produção que me impulsionou no mercado como Produtor Musical.

O sucesso relâmpago da Dupla Bruna & Keyla, com a indicação para o Grammy Latino de 2013,  lhe surpreende de alguma forma ? 

R: Claro que sim é uma dupla que acabou de ser lançada no mercado nacional, em menos de 01 ano, ser indicada ao OSCAR da Música como melhor Canção.

Estou feliz demais, por eu ter tido a oportunidade de escolher, arranjar e Produzir essa música, que peguei com os compositores JOELSON CASTRO /FELIPE SALLES em Unaí-MG em um churrasquinho, graças a DEUS.

Você acredita que possa haver mudanças para melhor, em função  dos protestos de rua que estão voltando à moda  no Brasil ?

 R: Da maneira que está sendo feito, nada irá melhorar….porque a violência e o vandalismo nunca resolveram nenhum tipo de problema.

Lutar por melhorias é necessário, principalmente no nosso País onde nos deparamos com grandes diferenças sociais.

LAERCIO-4

“Bate B” com Laércio da Costa

Um amigo de todas as horas ? 

DEUS

Um dever de gratidão ? 

Minha Mãe

O momento mais importante de sua vida ?

O dia que conheci minha Esposa Silvana e o nascimento dos meus Filhos.

A coisa mais desagradável que já lhe aconteceu ?

Calúnia

Um sonho realizado ?

Conheci e gravei com a Cantora GLÓRIA ESTEFAN.

Um sonho não realizado ? 

Ter gravado com TITO PUENTE.

Uma decepção ? 

A morte da Minha Mãe.

Uma grata surpresa ?

GRAMMY LATINO 2013

Uma superstição ? 

Não uso nada o que eu achei, como anel, óculos e etc., pega energias ruins da pessoa…sei lá….

Cor preferida ? 

AZUL

Número de sorte ?

333333333333

Prato preferido ? 

Beringela à parmeggiana

Principal Hobby ? 

Tudo de Música

Time do coração ?

CORINTHIANS

Um político honesto ?

TANCREDO NEVES

Cantor e cantora de todos os tempos: 

Nacional ?    ALEXANDRE PIRES

Internacional ?  GLÓRIA ESTEFAN

Personalidade de todas as épocas: 

Nacional ? SILVANA MEU AMOR

Internacional ? PRINCESA DIANA

Uma definição para Laércio da Costa ?

TRABALHADOR HUMILDE E HONESTO

Projetos na carreira ?   

DVD AULA, Produções e Gravações Nacionais e Internacionais.

Considerações finais:

Agradecer a DEUS pelo DOM DIVINO, por cuidar da minha saúde, por ter uma família linda, filhos perfeitos e saudáveis e agradecer também às pessoas que acreditam no meu potencial.

 

 Veja a seguir, vídeos com Laércio da Costa.

 Diálogo

Participação Musical

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.