Mortos, de Pé

 

A vida humana triunfa pela eternidade

Anunciando Deus como nosso Pai Supremo

Na doce assistência, no seu poder extremo

Como Criador nato, do Bem Maior que existe.

Salve! Hosanas ao Senhor, os mortos vivem

Se encontram todos de pé a reverenciá-Lo

Adorando-O como Pai acima de tudo, a conclamá-Lo

Como Senhor das vidas envoltas pelo Seu amor.

Essa semana em homenagem aos Vivos do além, Irmão Crisóstomo enviou-nos um soneto

Entre os dois mundos, existem civilizações em coro

As quais se encontram umas felizes, outras em choro

A sintetizar o Espírito existente em cada um de nós…

Sim! Estamos todos vivos e é o que nos importa

Pois somos centelhas divinas, Hausto que nos conforta

Glorificando sempre Deus, em fraternidade de voz.

Crisóstomo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.