Pós ou Certificação, Educação Continuada

Na terra do calor e poeira, lá tão longe onde a chuva era vista raramente, vivia um pequeno camundongo que ruminava constantemente. Ele gostava de conversar com um Cágado de mais de 113 anos de idade, mas labutava como um mancebo de não mais que 18 anos. Era aquele velho réptil, admirado por todos, mas seu maior admirador era mesmo o camundongo que não perdia tempo, ficava horas conversando com ele:

– Senhor Cágado, este é o meu primeiro emprego e estou gostando muito do que faço.
– Ora, ora, que bom meu filho, sou muito feliz aqui – disse o Cágado.
O pequeno admirava o velho, mantinha curiosidade de como aquele ancião conseguia manter a estabilidade no emprego e continuava a competir de igual para igual com os mais novos.
– Estava a pensar… – disse o camundongo.
– E continue a trabalhar também!
O mancebo não mais conseguiu conter a pergunta que tanto o incomodava.
– Estou indeciso. Não sei se faço uma pós ou certificação.
– Ferrou!
– Que nada, gostaria de ouvir a sua orientação – disse o camundongo.
Para seu desespero ele não respondeu, continuou a trabalhar, como que ignorando a pergunta. Enquanto isso o calor castigava sem piedade quem se arriscava a deixar a sombra. Ao final do expediente se despediram e rumaram para suas casas.

Pós ou Certificação, Educação Continuada
Pós ou Certificação, Educação Continuada

Mas à noite o camundongo começou a mirar o teto, a contar carneirinhos durante a noite, apesar dos apelos de sua mãe.
– Filho precisa descansar, amanhã tem mais.
– Eu sei!
– O que está a acontecer?
– Aquele velho inútil, de cabelo preto, ah! Onde já se viu um velho com mais de 113 anos sem cabelo branco.
– Oh, filho! Do céu e da terra! Isso é Bullying. Pare imediatamente!!!
O filho parou instantaneamente com choraminhices, virou de lado e dormiu profundamente.
No dia seguinte à primeira hora já estava na labuta ao lado do velho Cágado a encará-lo sem nada falar, mas o silêncio não durou muito. O camundongo ainda mantinha esperança de ouvir o seu conselheiro.
– Bem, que calor!
– Demais!
Mas não era do calor exatamente que queria falar. Já estava interessado em arrancar o conselho.
– E ai, pós ou certificação?
Quando o velho ia falar, apareceu subitamente alguém a pedir ajuda de como apurar APF.
– Eu protesto! – Disse o pequeno num gesto de desespero.
– Eu também! Somos dois protestantes. E o velho passou a manhã explicando como elaborar os cálculos.
No final do dia, finalmente, os dois estavam debaixo da árvore rabiscando o rascunho do planejamento do que devia ser executado primeiro. O velho apresentou suas choraminhices e aconselhou o novo a regressar à Universidade. Achava que era pertinente que ficasse mais tempo na escola.
–  O Curso de licenciatura é muito abreviado, tente optar por mais especializações em torno do seu curso para enriquecimento.
Postergue a saída da faculdade. Continue a buscar estar próximo dos mestres. A experiência profissional indicar-lhe-á o caminho para certificação, chegará com o tempo de experiência na atividade, automaticamente buscará certificações para selar e confirmar seu conhecimento mais amplo da área de atuação.
O menino camundongo, muito feliz, não esperou regressar à casa, ali mesmo procurou virtualmente cursos de especialização.

Davambe

Davambe

Davambe é consultor de TI, mais de 25 anos de experiência em TI, Professor, Escritor, Autor dos romances: O Segredo da Felismina, Tanto Lá Quanto Cá e a Sereia de Tupa

Deixe um comentário