Deu a Louca no Mundo II. Quem me Ajuda Nessa… ?

Não sou o Stanley Kramer.  Sou o Dimitre Lucho, produtor e diretor do  “Cinema Tupiniquim”

..

O Projeto

..

Tive uma ideia pra um filme de ficção, mas não consigo imaginar o final. Quem pode me ajudar? A história é calcada nisso:

1. Crise mundial anunciada, Europa falida e os EUA grampeando todo mundo;

2. No Brasil, o dinheiro some das ruas e vira estádios e concessões;

3. O aquecimento global começa a cobrar sua conta:
– O verão bate recordes de calor;
– Seca alarmante em vários lugares do país;
– Tempestades devastadoras e a agricultura pagando o pato;

..

Dimitre-Lucho-2-caminhando

..

4. O Brasil se assume racista, rejeitando médicos de Cuba e jovens negros nos shoppings;

5. Uma bolha imobiliária começa a anunciar sua explosão;

6. A inflação começa a disparar e o dinheiro vale cada vez menos;

8. A direita se revolta,  porque julga que o governo é comunista;

9. A esquerda se revolta,  porque julga que o governo é capitalista;

10. O estado se revolta, porque julga que o Brasil nunca esteve tão bem;

11. A sociedade se revolta e vai às ruas exigir mobilidade e reformas profundas no estado;

12. Direita e esquerda veem uma oportunidade para sacudir o poder. Com sangue, muito sangue;

13. O estado ordena à polícia que coloque o povo em seu lugar;

14. Vandalismo e Blackblocs se tornam a desculpa perfeita para polícia fazer o que quiser;

15. Alguns jornalistas perdem a visão. Outros perdem a vida;

16. No embalo, o estado surge com uma medieval lei anti-terrorismo para aparar as unhas do povo (afinal, estamos estragando a mobília e   atrapalhando a festa do futebol!);

..

Dimitre-Lucho-3-deserto

..

17. No fogo cruzado entre esquerda, direita, polícia, milícia e Blakblocs, assaltantes,  crise financeira,  a sociedade resolve arregaçar as mangas:
– está aberta a temporada dos linchamentos;
– os agricultores se armam para exterminar os zumbis sem terra;
– os conservadores pedem o exército de volta às ruas;
– os evangélicos pedem Jesus de volta às ruas;
– os homofóbicos inventam a cura gay: seja hétero ou seja linchado;
– um morador de rua negro que roubou sabe-se lá o que é amarrado por justiceiros também marginais a um poste,  pelo pescoço, nu, lembrando nossos nem tão distantes 380 anos de escravidão;

..

Dimitre-Lucho-1-camera

..

18. A mídia bate palma na TV e amarrar pessoas em postes se torna a nova onda do verão;

19. O Deus da Velocidade, filho do Deus do Petróleo, é absolvido de seu crime por ser branco, rico e ter toda uma vida pela frente;

19. A sociedade manda mensaleiros para a cadeia e depois arrecada dinheiro para pagar sua fiança;

19. A reforma agrária emperra, o bolsa-família não dá conta, a água começa a faltar, a energia também;

20. Segurança, saúde, educação, prosperidade e um estado autoritário e truculento viram sonhos de consumo da classe média;

21. Em meio à crise, eleições, copa do mundo e colapso social, 2014 se torna o ano em que o Brasil………………………………………………………………………………………………………. .(Poutz. Empaquei aí.)

Dimitre Lucho

Dimitre Lucho é cineasta radicado em São Paulo. Trabalhou em oito longas-metragens, dentre eles ‘A Festa de Margarette’, de Renato Falcão, vencedor do prêmio FIPRESCI (The International Federation on Film Critics). Estudou cinema na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, onde escreveu, dirigiu e montou o curta-metragem ‘Pelas Ruas’, vencedor do prêmio JOSÉ LEWGOY de melhor roteiro no RS. Trabalhou como coordenador de finalização dos longas-metragens ‘Enquanto a Noite não Chega’, de Beto Souza, e ‘Chico Xavier’, de Daniel Filho. Foi roteirista nos documentários do longa-metragem ‘Pra lá do Mundo’, de Roberto Studart, e ‘Surfar é Coisa de Rico’, de Guga Sander.

2 resposta para "Deu a Louca no Mundo II. Quem me Ajuda Nessa… ?"

  1. Tania   17/02/2014 em 08:48

    Fantástico,o cara que escreveu é um gênio,pode ser que pessoas inteligentes que leiam reflitam antes de votar nas próximas eleições.Não gostei das imagens intercalando o texto,até porque parece não ter nada a ver com o assunto,as imagens são bonitas e o cara é um gato,mas o texto continuado seria bem melhor.

    Responder
    • Gilberto
      Gilberto   19/02/2014 em 09:02

      Tânia, concordo com suas palavras.
      Eu tentei elaborar um final para esta história, mas tudo que pensei é catastrófico, então não comentei para não passar uma impressão pessimista sobre minha visão de futuro.
      Eu tive o prazer de conhecer o Dimitre e afirmo, ele é um cara inteligentíssimo mesmo.

      Responder

Deixe um comentário