Direita ou Esquerda, Volver ! ? Eis a Questão

Lino Tavares

..

Bem mais grave do que as consequências do processo de Impeachment da presidente Dilma, que algumas preconizam catastróficas, qualquer que seja o resultado, é a polarização que cresce perigosamente no âmbito dos três Poderes da República,  que pode levar o país ao caos institucional, provocando uma tomada de posição coercitiva por parte das Forças Armadas que, dependendo da finalidade com que forem empregadas, poderão entrar em cena para a manutenção do estado democrático de direito, como ocorreu em 31 de março de 1964, ou para garantir pela força das armas a implantação de uma nova ordem institucional de viés não democrático, consoante a inspiração do governo vigente.

,,

General Eduardo Villas Bôas, e o Ministro da Defesa, Aldo Rebelo
General Eduardo Villas Bôas, e o Ministro da Defesa, Aldo Rebelo

 

,,

Poucos se dão conta de que, do ponto de vista ideológico, está acontecendo exatamente o que a doutrina comunista do gramscismo preconiza, nas suas ações de conquista do poder, que consiste em minar as instituições mais significativas, provocando-lhes  um racha capaz de levar o país ao caos absoluto, abrindo espaço para a implantação de um regime socialista totalitário, semelhante ao que imperou por longos e penosos anos nos países subjugados à Cortina de Ferro liderada pelo Império Soviético.
Afora a guera congressual, caracterizada pelas divergências acentuadas de parlamentares do mesmo partido, o sintoma mais grave desse racha institucional começa a acontecer, de forma gradativa, no âmbito do Poder Judiciário, onde já se podem vislumbrar antagonismos acentuados entre juízes da Suprema Corte, que não fazem a menor questão de esconder suas preferências políticas, via de regra identificadas com a dos “padrinhos” do Poder Executivo, que os nomearam para essa magistratura sem concurso, que paga o maior salário possível a um servidor público.
Depois que conseguirem transformar em “Torre de Babel” os Poderes Legislativo e Judiciário, os antigos arautos da ideologia comunista, hoje no comando do Poder Executivo, precisarão apenas assumir o pleno domínio das Forças Armadas, cujo pontapé inicial já foi dado com a nomeação do comunista Aldo Rebelo para Ministro da Defesa,  no sentido de impor à sociedade brasileira o velho sonho da República “Socialista”, nos moldes de Cuba, Coreia do Norte ou ditadura que os valha, sonho este que virou pesadelo, na década de 1960, pelas razões que bem conhecemos.
Esse quadro de desagregação institucional permite dizer que nunca a democracia brasileira esteve tão dependente do rumo que as Forças Armadas tomarem, quando o país mergulhar na total insolvência dos poderes constituídos. Se fizerem “direita volver”, estaremos a salvo dessa terrível ameça. Se no entanto, aparelhadas pelo comando vermelha golpista,fizerem”esquerda volver”, então estaremos definitivamente condenados ao domínio absolutista de uma casta privilegiada, com poder de vida e morte sobre a população que a sustentará no luxo supremo, com o suor do seu trabalho escravo.

..

Lino Tavares

Lino Tavares é jornalista diplomado, colunista na mídia gaúcha e catarinense, integrante da equipe de comentaristas do Portal Terceiro Tempo da Rede Bandeirantes de Televisão, além de poeta e compositor

Deixe um comentário