Ataques no Mundo Espiritual – Parte II - Gibanet.com

Aécio Cesar

..

Haveria, nessa situação, uma proteção mais direta da Espiritualidade Superior, com espíritos fora de um corpo físico? A proteção é a mesma tanto para encarnados quanto para desencarnados desde que sejam mais receptivos com os Amigos Espirituais que sempre nos assistem.

Com relação ao tema, vamos continuar a analisar a questão quanto aos ataques de entidades maldosas que procuravam invadir a Instituição espiritual da Casa Transitória em que André Luiz e outros companheiros estavam ali hospedados. Numa outra citação encontraremos André relatando outra situação que iremos analisar em nossos estudos. Vejamos: “Em dado momento ouvimos explosões ensurdecedoras.” De onde viriam estas explosões? Com certeza, essas entidades tinham um maquinário para tal desiderato. Pode soar meio estranho, mas se formos analisar os fatos pelo ângulo da personalidade humana, nas suas particularidades de inteligência, ficarão mais fáceis de aceitarem tal situação.

..

Ataques no Mundo Espiritual – Parte II

..

É de nosso conhecimento, principalmente no meio espírita, que quando deixamos o mundo das formas, levamos conosco para um plano subsequente apenas as virtudes ou vícios que alimentamos quando num corpo de carne. A sobrevivência da alma é real e, quando o espírito ainda não se despojou das suas tendências negativas, é fato que encontrará nos planos invisíveis companheiros que têm a mesma índole.

Com isso, as revelações de André têm características bastante verídicas. Vejamos outra citação: “Quase no mesmo instante, certo auxiliar penetrou o recinto e comunicou: “- Atacam-nos com petardos magnéticos.”” Reconhecemos aqui que a engenharia de guerra usada por esses inimigos é bastante dinâmica. Esses artigos bélicos portáteis, eram alimentados por projeteis magnéticos que ao contato com o alvo, fazia-os saltarem em forma de explosões.

Mas a reação da diretora não deixou por menos. “Emitam raios de choque fulminante, assestando baterias”. Nada mais que justo o contra-ataque. Porém, vamos adentrar mais um pouco sobre o assunto. Segundo dicionário o significado da palavra fulminante, entre outros é: “Que destrói instantaneamente”. Daí pensarmos que, se todo espírito for atingido por esses choques, será destruído imediatamente. Mas, morreria ele novamente? E se morrer, acabaria de vez com a sua existência? Creio que o objeto aqui em pauta é bastante delicado, mas temos fontes seguras por onde compreenderemos melhor tal situação.

Embora, que, mesmo tendo fontes fidedignas a respeito de determinados assuntos, a polêmica criará raízes, não que ela o seja, mas que no meio seleto de muitos doutores da lei da atualidade se farão resolutos em não aceitar a realidade de determinados fatos. E não será por menos que deixaremos de acender uma luz, pequenina que seja de raciocínio, àqueles que lutam por um entendimento espiritual sem neuras de elitismo nas fileiras da Doutrina Espírita. Concorda comigo Leitor Amigo? Continua. Cap.4i

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.