Arquivos de Categoria: História

Memórias de São Paulo

O século passado marcou o início da era da evolução tecnológica e de outras evoluções num ritmo cada vez mais acelerado, veja SP no inicio dos novos tempos

Radioamadorismo

O Radioamadorismo

O Radioamadorismo, é uma atividade exercida sem fins lucrativos e permite que milhares de pessoas se comuniquem entre si, independente do local onde estejam

A História Oculta de Hitler

A cruz Suástica é um símbolo (yantra) conhecido há mais de 5.000 anos e é considerada sagrada, representando equilíbrio, expansão e evolução do universo

Confeitaria ROCCO, história e a cigarreira comemorativa

Com a experiência lá adquirida, chegando em Porto Alegre, fundou, em 1892, a Confeitaria Sul-América em Porto Alegre.

Memórias de Porto Alegre

Com uma das melhores qualidades de vida do Brasil, a Capital dos gaúchos foi fundada em 26/03/1772 como Freguesia de São Francisco do Porto dos Casais

Salve o Dia do Gaúcho !

Tal como o Brasil inteiro comemora engalanado o Dia da Pátria, no 7 de Setembro, os gaúchos e gaúchas que povoam a vastidão do Pampa festejam com orgulho o transcorrer do 20 de Setembro, estigmatizado no Hino Rio-Grandense pela expressão “O precursor da liberdade”.

Jânio Quadros por Nelson Valente e Outros

O documentário “Jânio Quadros por Nelson Valente e outros”, versa sobre a vida política de Jânio Quadros, tem direção de Fred Farah (Biruta Filmes), e roteiro do ator e também roteirista Paulo Figueiredo.

General José Antônio Flores da Cunha

Falo de José Antônio Flores da Cunha! Absolutamente incorrigível! Numa mão de jogo de pôquer, no Clube do Comércio, em Porto Alegre, local onde até hoje

O Presidente Castelo Branco

O Presidente João Goulart assinou, com outras autoridades, em 17/03/1964, a lei de número 4320, que teve aplicação na “vida” administrativa dos entes

Duas Almas

Falar sobre o autor do célebre poema que ilustra esta crônica, é falarmos de um dos maiores poetas que Uruguaiana já produziu. Foi poeta e foi soldado, mas desafiou a própria morte, quando escreveu: “ela jamais venceu quem tem a alma tão forte, nem quem traz um coração tão moço”, porque ele sabia que “depois da morte da liberdade, só a liberdade da morte”.

À Procura de um Barão

O epíteto que ora ilustro esta crônica, nos parece um tanto paradoxo, pois há muito tempo já fiz alusão na Zero Hora sobre o assunto e, como nos dissera Sócrates, que vem a calhar com este contra-senso: “Ninguém faz o mal voluntariamente, mas por ignorância, pois a sabedoria e a virtude são inseparáveis”.

Um Cientista em Uruguaiana

A obra elaborada e ainda não publicada do Reverendíssimo Senhor Bispo de Uruguaiana, Dom Ângelo Domingos Salvador, “Padres na Diocese”, do tempo em que ele passou em nossa cidade, (15/8/1999 a 30/9/2007), da qual tivemos o privilégio em recebermos uma cópia, nos trouxe informações fidedignas e de suma importância para a história local, onde fomos saber que um dos padres que estiveram em Uruguaiana, foi um grande cientista, porém vilipendiado e não reconhecido em vida por sua brilhante descoberta na área das telecomunicações.

Os 3 últimos desejos de Alexandre, O Grande

Os 3 últimos desejos de Alexandre, O Grande

A sua carreira é sobejamente conhecida: conquistou um império que ia dos Balcãs à Índia, incluindo também o Egito e a Báctria (aproximadamente o atual Afeganistão). Este império era o maior e mais rico que já tinha existido. Existem várias razões para esses grandes êxitos militares, um deles é que Alexandre era um general de extraordinária habilidade e sagacidade, talvez o melhor de todos os tempos, pois ele nunca perdeu nenhuma batalha e a expansão territorial que ele proporcionou é uma das maiores da história, a maior expansão territorial em um período bem curto de tempo. Além disso era um homem de muita coragem pessoal e de reconhecida sorte.

O Ensino e a História

Um simples e corriqueiro acidente de trânsito é capaz de gerar diversas versões sobre um fato que levou apenas uns poucos segundos. É próprio da natureza humana e perfeitamente justificável que isso aconteça.

Memórias do Rio de Janeiro

Giba Na série memórias, algumas fotos antigas do Rio de Janeiro. Conheça ou mate saudade, o que for mais adequado. Divirta-se Conselho Municipal em 1871 . . . . Primeiro túnel de Copacabana em 1892 . . . . Teatro Lírico – 1905 . . . . Carnaval – O CORSO – 1907 . . [leia mais…]

Jânio da Silva Quadros e as Peças Publicitárias

Nelson Valente   As peças publicitárias de caráter oficial apresentavam o candidato numa postura mais séria, em estilo tradicional, com cabelos penteados e roupas alinhadas. Já as peças publicitárias produzidas por simpatizantes demonstram um Jânio carregado de traços regionais, incorporando costumes e tradições das várias regiões do país em estilo bem populista. É o caso [leia mais…]

Freud e as Mentiras Universais

Nelson Valente   O leitor poderá ficar surpreso de saber, por exemplo, que Freud jamais usou em seus escritos as palavras EGO, ID E SUPEREGO. Ele preferia usar palavras e expressões comuns do dia a dia. Suas obras em alemão estão escritas numa linguagem que as torna compreensíveis para o público em geral. Em inglês, seus [leia mais…]

Uma Lenda Viva do Paraquedismo Militar

Lino Tavares O Bairro Partenon, um dos mais tradicionais de Porto Alegre, a  Capital dos Pampas, abriga em seu interior muitas entidades e cidadãos ilustres, que se notabilizaram nos mais diversos ramos da atividade humana. Entre eles, o capitão reformado do Exército Casemiro Scepaniuk, de 89 anos, é com certeza um dos mais célebres moradores [leia mais…]

Tributo a um Gaúcho da Fronteira

Lino Tavares   Todas as cidades guardam eternamente na memória de sua gente aquelas pessoas que, de uma ou de outra forma, deram algo de si em prol da alegria e da felicidade de seus conterrâneos. Alegrete, localizada na fronteira-oeste gaúcha,  perdeu neste início de setembro um de seus destacados cidadãos, na pessoa do empresário, poeta [leia mais…]

Mário Quintana e Suas Duas Derrotas na ABL

Nelson Valente . Tive o privilégio de conhecer pessoalmente o poeta Mário Quintana. Uma coisa é apreciar os seus versos, outra é vê-lo, conversar com ele, admirar a sua doce figura. Jantamos juntos na residência do acadêmico Arnaldo Niskier, numa das investidas do poeta nascido em Alegrete (RS) à Academia Brasileira de Letras. Da mesma [leia mais…]

Machado de Assis

Nelson Valente . Quem se aprofunda na análise da obra de Machado de Assis – e têm sido tantos os escritores – não pode deixar de considerá-la agridoce, se é possível a imagem. Sua postura foi sempre dissimuladamente risonha, talvez em função da epilepsia que ele carregava consigo, e que procurava a todo custo esconder. [leia mais…]

Memórias de Minha Infância

Giba Hoje resolvi fazer uma série especial que com certeza trará a alguns, lembranças das mais felizes. Divirtam-se. The Muppet Show   Forte Apache    SE MEU BUGGY FALASSE   Ultra Seven   Chip’s  Mini Fanta     MANIMAL   war   Mulher Maravilha   Ferrorama XP500     Batman     Pula Pirata   [leia mais…]

Janio: Lembranças de Família e da Escola

* Nelson Valente   Estas breves e inéditas reminiscências de infância e juventude constituem um dos raros depoimentos do presidente Jânio Quadros sobre sua  vida pessoal. Gravadas em 26/09/1989, por Nelson Valente. 1ª Parte Volto as minhas reminiscências da mocidade. Vejo-me no bonde pequenino e inseguro que me levava ao internato, onde fiz parte do [leia mais…]

A Renúncia de Jânio Quadros, Componentes Históricos e Institucionais

* Os amigos Valter Duarte e Ezilda Ferreira, estão lançando o livro “A renúncia de Jânio Quadros, Componentes históricos e institucionais”. Valter Duarte é médico, bacharel em ciências sociais, mestre em ciência política, doutor em ciências e professor de ciência política na Universidade do estado do Rio de Janeiro e na Universidade Federal do Rio [leia mais…]

Praça da Paz Celestial – Governantes Modernos Continuam em Silêncio

Por: Xiyun Yang e Andrew Jacobs O Massacre Completou 22 anos. Ele foi responsável por evitar um banho de sangue ainda maior em 4 de junho de 1989. Um dos dois líderes que negociaram a retirada dos manifestantes da praça da Paz Celestial, o professor Zhou Duo, 62, continua a pagar por sua participação nos [leia mais…]

Centencia – Pena de castração…

  Por: Antonio Carlos Ghirelli Pena de castração… Uma sentença inusitada, de 1883, Alagoas O des. Antonio Raphael Silva Salvador, presidente do Conselho Consultivo, Orientador e Fiscal da Apamagis, trouxe ao conhecimento dos leitores do Tribuna da Magistratura uma inusitada sentença, datada de 1883, em que a pena imposta foi de castração. O texto e [leia mais…]